Como o Tripadvisor determina se uma avaliação é tendenciosa?

Mesmo as pessoas que visitaram um determinado hotel ou restaurante podem violar nossas diretrizes. Confira algumas situações em que uma avaliação pode ser considerada tendenciosa...

Para que as avaliações sejam precisas e úteis, elas devem ser baseadas em experiências reais de clientes imparciais. Isso significa que o objetivo da avaliação deve ser compartilhar um relato pessoal honesto, sem nenhuma outra intenção. Qualquer avaliação potencialmente tendenciosa, seja positiva ou negativa, contraria as diretrizes do Tripadvisor.

Veja algumas situações que podem gerar avaliações tendenciosas:

Avaliações pagas

As avaliações que um estabelecimento tenta comprar são tendenciosas e não fornecem as dicas imparciais que os viajantes procuram. Elas também são injustas com os estabelecimentos que seguem as regras. Felizmente, nossa equipe de investigadores é muito eficaz na hora de identificar clientes que vendem avaliações. Além disso, tomamos medidas sérias contra os estabelecimentos que tentam usar esses serviços. Veja como identificamos tais situações aqui.

Avaliações influenciadas por incentivos

Incentivos são recompensas ou tratamentos especiais oferecidos por um estabelecimento em troca de avaliações. Alguns exemplos incluem: oferecer descontos ou preços menores para uma experiência atual ou futura, promessas de upgrades, cupons ou qualquer tratamento preferencial em troca de avaliações.

O Tripadvisor encoraja os estabelecimentos a pedir que todos os clientes façam avaliações e compartilhem o feedback deles. No entanto, não é permitido oferecer qualquer tipo de incentivo, pois isso pode afetar a imparcialidade do conteúdo. De acordo com nossa política sobre incentivos, os estabelecimentos que forem flagrados realizando tal prática serão penalizados.

Chantagem

Qualquer tentativa de ameaçar um estabelecimento com uma avaliação negativa em troca de desconto ou tratamento preferencial contraria as diretrizes do Tripadvisor. Levamos esse tipo de comportamento muito a sério, pois trata-se de um abuso do status de colaborador e não ajuda outros viajantes, além de ser uma prática ilegal em muitos países. Ao passar por esse tipo de situação, pedimos que os proprietários informem a ameaça imediatamente usando nossas ferramentas de denúncia. Isso ajuda em nossas investigações e evita que as avaliações resultantes de chantagem sejam publicadas no site.

Avaliações de funcionários ou parentes

O Tripadvisor não permite que pessoas afiliadas a um estabelecimento façam avaliações sobre esse local. A explicação é simples: dificilmente alguém que tenha uma relação pessoal com uma empresa fará uma avaliação imparcial, o que é injusto tanto com os viajantes quanto com outros estabelecimentos presentes no site. Isso se aplica a avaliações de funcionários, parceiros comerciais, amigos e parentes do proprietário. Tal situação também é chamada de alavancagem (veja mais informações aqui).

Nosso sistema de rastreamento consegue identificar avaliações enviadas por pessoas que tenham vínculos pessoais com o estabelecimento avaliado, como funcionários, amigos e parentes. Quando isso acontece, nossa equipe inicia uma investigação e impede que a avaliação seja publicada.

Estabelecimentos e clientes também podem denunciar quaisquer avaliações que talvez sejam tendenciosas. Com isso, nossa equipe será acionada para fazer uma investigação. Os proprietários podem fazer isso no Portal do Administrador, que pode ser acessado gratuitamente. Para os viajantes, basta clicar no ícone de bandeira abaixo da avaliação.

Avaliações de concorrentes

De acordo com nossas diretrizes, não é permitido que pessoas vinculadas a um determinado estabelecimento avaliem os concorrentes diretos dessa empresa. O exemplo mais notável é quando um estabelecimento tenta diminuir a reputação de um concorrente enviando avaliações negativas. Isso é chamado de vandalismo. Aplicamos punições severas contra qualquer estabelecimento que tente fazer isso.

Leia mais sobre como identificamos avaliações de concorrentes aqui.

Última atualização: 13 de julho de 2018