O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

“Trilha pesada, mas vale a pena!”
Avaliação sobre Cachoeira da Fumacinha

Cachoeira da Fumacinha
Certificado de Excelência
Mais detalhes sobre a atração
Detalhes da atração
Duração recomendada da visita: mais de 3 horas
Avaliou em 4 de maio de 2018

Cachoeira da fumacinha: Sobe e desce numa trilha de pedras escorregadias; Quedas - MUITAS quedas. Machucados, hematomas, arranhões. Risco de acidente altíssimo; Tem que atravessar o rio muitas vezes... às vezes com correnteza; Escalada suicida com precipício. Sério! Algumas vezes o risco é de cair na água e outras, nas pedras; Durante muito tempo tem que andar literalmente de quatro ou segurando em qualquer coisa que tiver pela frente; Abelhas africanas (sim, fomos atacadas, tivemos que nos jogar no rio e seguir a trilha nadando); A água é congelante e o sol praticamente não aparece... Segundo os guias, a trilha de um dia mais difícil da chapada.

Até pra tirar a foto clichê na pedra é difícil, não tem escadinha não, tem que escalar a pedra... é, escalar mesmo... sem proteção, sem nada...

Mas nada, absolutamente nada disso tem importância perto da sensação de caminhar 21km (marcamos do gps e não foram apenas 18km) entre lagos, cachoeiras e cânions de quase 300m de altura e depois chegar num pico insano, recepcionada por um bando de andorinhas voando e cantarolando. Juro! Vale cada segundo de tensão. Só indo lá pra entender!!!!

3  Obrigado, dsguima
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro do programa TripAdvisor e não da TripAdvisor LLC.
Faça uma avaliaçãoAvaliações (185)
Pontuação dos viajantes
Tipo de viajante
Época do ano
Idioma
  • Mais idiomas
Filtrar

6 a 10 de 185 avaliações

Avaliou em 3 de maio de 2018

A cachoeira é um sonho! Ainda assim, a trilha foi beeem cansativa, principalmente porque tinha chovido no dia anterior e as pedras estavam escorregando MUITO.

Recomendo dormir no Baixão no dia anterior, porque é muito mais perto da entrada da trilha. Pelo que soube, tem tbm uma possibilidade de acampar na trilha (caso não tenha chance de chuva). Acredito que seja uma boa opção para aproveitar melhor o passeio!

Se não for acampar, o ideal é sair cedinho porque a trilha é bem demorada. Nós saímos às 7h e voltamos só no fim da tarde. Pela dificuldade técnica, sugiro ir com guia.

1  Obrigado, bia_lbousk
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro do programa TripAdvisor e não da TripAdvisor LLC.
Avaliou em 1 de maio de 2018 via dispositivo móvel

Adoramos a visita, a trilha e a beleza do lugar, mas recomendamos que seja feita por pessoas com bom preparo físico, pois a caminhada é pesada e com muitos obstáculos! Muito mesmo!

1  Obrigado, Lushj
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro do programa TripAdvisor e não da TripAdvisor LLC.
Avaliou em 12 de abril de 2018

A Cachoeira é incrível, a trilha é bem diversificada e não fica na mesmice. Mas definitivamente não é para qualquer um. A maioria vai pensar que é por conta dos 9km para chegar lá + 9km de volta, e sim, essa parte é bem punk para quem não está acostumado, mas possível. A questão é que é uma trilha muito técnica, de nível 3 (de 1 a 3) com diversas situações (terra, pedras, cortar Rio, escalar, etc) e alta periculosidade. Sim!

Sim e explico porquê: fomos em um dia ensolarado, a caminha de ida foi bem agradável... sem mesmice e bastante desafiador. O papo de fumacinha é: você não sairá sem um hematoma. Ida: primeiro hematoma, OK. Para chegar até a Cachoeira é necessário escalar um paredão, que dá muito medo, real (coloquei foto).

13h é o máximo, hora de voltar. 1km, 2km... começa a chover. MUITO. A trilha tornasse extremamente e ridiculamente perigosa. A maior parte do caminho é passando por pedras na margem do rio, escorregar era a opção mais provável. E não foram poucos os escorregões! Chegou um momento que era quase impossível se manter de pé. E o “melhor”: a qualquer hora podia acontecer um tromba d’água. Desesperador, com certeza. Minha vitória foi chegar viva ao final, com inúmeros hematomas e quase sem joelho já.

Por isso enfatizo: não é só um trilha comprida, é uma trilha técnica! Indico para pessoas que têm prática em trilhas. E minha dica, até para os mais experientes é: não faça em dia com risco de chuva. Ela pode facilmente estragar o passeio. O esforço é muito grande para ter uma experiência ruim.

E por último: NÃO FAÇA SEM GUIA! MUITAS coisas podem acontecer no caminho e é fácil se perder. R$100 não vale sua vida, ok?!

3  Obrigado, Giovanna B
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro do programa TripAdvisor e não da TripAdvisor LLC.
Veja mais avaliações
Avaliou em 28 de março de 2018 via dispositivo móvel

Só consegui fazer esse passeio por cima, o tempo chuvoso não permitiu fazer por baixo. Uma trilha de 12km ida e volta, sem sinalização por isso recomendo a contratação de uma guia.
Uma bela vista do cânion e das quedas.

Obrigado, Anderson P
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro do programa TripAdvisor e não da TripAdvisor LLC.

Os viajantes que viram Cachoeira da Fumacinha, também viram

 

Já visitou Cachoeira da Fumacinha? Compartilhe suas experiências!

Proprietários: qual é o seu lado da história?

Você é o proprietário ou o gerente deste estabelecimento? Solicite o seu perfil gratuito para responder a avaliações, atualizar o seu perfil e muito mais.

Solicite o seu perfil