O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

San Andres Fórum: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Estado de São Paulo
Colaborador nível
4 publicações
6 avaliações
Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Viajem San andres com conexão na Colômbia. Dia 30/7/2016 a 11/8/2016.

Vou procurar fazer um relato simples mas prático da minha viagem para San andres.

Primeiro de tudo, com respeito a dinheiro a moeda na Colômbia e o peso colombiano. Nossa moeda vale um pouco mais que o peso colombiano. Li muita coisa sobre o que levar na viagem. Tem gente que leva dólar e troca lá por pesos. Isso é melhor que levar Reais para trocar. Mas depois de ler muito, eu acabei comprando pesos colombianos no Brasil (aqui em São paulo) e levei para lá. Fiz uma média de gasto por dia de um casal de 300.000 pesos colombianos(passeios, café almoço e jantar etc) . Não se assuste, lá a moeda é contada assim mesmo com esse monte de zeros. Uma dica: tudo o que vc ver um pesos colombianos corte os zeros e terá um valor aproximado da nossa moeda.

Levei 3.000.000 de pesos colombianos em espécie. Pois no final das contas, mesmo com câmbio desfavorável aqui, eu achei melhor levar a maior parte em dinheiro e o restante eu tinha um cartão de débito e um de crédito internacional (não esqueça de avisar seu banco e seu cartão de crédito que vc está viajando fora do país durante um período).

Usei o dinheiro, o débito e o crédito.

Viajamos pela pela LATAM com uma conexão de 4:30 entre os vôos. São mais ou menos 6 horas ate Bogotá e mais 2:30 até San Andrés. Pegue um tempo bom de conexão para não perde o próximo vôo. Chegando em Bogotá vc passa pela imigração e eles vão lhe dar um papel que o isenta de pagar imposto no país. Guarde-o pois será solicitado na volta. Aliás não precisa de passaporte para viajar. Nos usamos apenas o RG durante toda a viagem. Agora se vc pegar um vôo com conexão no Panamá daí tem que ter passaporte. Mas eu uso a seguinte regra, saiu do país, leva o passaporte, pois sabe-se lá se ocorre algum problema é eles lhe pedem o passaporte.

 O aeroporto se Bogotá e organizado e limpo. Quando vc chega lá terá que ver se sua bagagem será despachada direto para o destino final ou se terá que retirar e reenviar novamente. No dia que chegamos em Bogotá, no avião disseram que teriamos de retirar a bagagem para despachar novamente, porém no guichê da LATAM eles disseram que iria direto. Então certifique-se no guichê da empresa sobre isso, para não ter dor de cabeça depois.

Ao chegar em Bogotá, vc desce no terminal internacional, depois tem que ir para o terminal nacional.

 Antes disso, vc terá que preencher uma folha que seria como um questionário sobre o motivo se vc está viajando. Da para pegar isso nas esteiras de bagagem num balcão junto a parede. Preencha e siga em frente para entregar a uma das moças que estão num balcão mais a frente. Não são perguntas difíceis, apenas se vc está viajando a lazer se tem algo na bagagem de valor maior que 2000 dólares etc.

Para ir ao terminal de embarque nacional Tem um acesso dentro do aeroporto para lá, fácil achar, basta perguntar.

Se vc viajar pela LATAM, no guichê deles tem um local onde vc paga a chamada “tarjeta de turismo”, para entrar na ilha. O valor por pessoa está em 90.000 pesos (30/7/2016). Vc receberá um carnê com três vias. Guarde isso durante toda a viagem até chegar de volta ao Brasil. Tem que pagar essa tarjeta para entrar na ilha.

Chegando na ilha o aeroporto e pequeno e lá eles vão pedir a tarjeta de turismo, e irão tirar uma das vias e lhe entregar o restante, guarde como eu já disse.

Vc pode pegar um táxi para o hotel. Mas td lá e muito perto. Veja no Google maps onde está seu hotel e a distância do aeroporto pois as vezes não vale a pena pegar um táxi. Em média eles pedem 14.000 pesos para levar a pessoa até o hotel. Mas negocie o preço antes eles pois eles não tem taxímetro.

A comunicação na ilha não é um grande problema. Eles entendem nosso “portunhol” e ao mesmo tempo é interessante aprender um pouco da língua. Saimos de lá entendendo bem o espanhol e falando algumas coisas.

Quanto as praias, todas são limpas. Apenas que em algumas partes da ilha não dá para entrar por que tem muitas pedras.

Falando em pedras, assim que chegar na ilha compre as sapatilhas de praia. São umas sapatilhas de neoprene com um soldado de borracha para podermos andar sobre as pedras. Da para mergulhar e nadar com elas. Achei prático. Item necessário em todos os passeios. Valor em média 12.000 pesos (agosto de 2016).

Quanto a alimentação ela não é cara, tem para todos os bolsos:

Tem um lugar estilo KFC que serve frango frito. Nome do lugar e KIKIRIKI. Muito bom. Por exemplo uma bandeja de 3 pedaços frango com batata frita sai por 13.000 (agosto 2016),serve bem a duas pessoas. Na mesma rua descendo a direita depois da praça tem uma boa sorveteira. Comermos lá todo dia.

Descendo mais um pouco a mesma rua do KIKIRIKI tem uma outra casa que vende frango e outras coisas muito boa e na frente desse lugar tem um restaurante simples, mas que tem bom pratos a precos acessíveis. Em média um prato lá sai por 15.000 pesos (agosto 2016).

Uma observação: quase todos os lugares que vendem comida,incluem antes um prato de sopa de legumes ou de peixe. Essa sopa e muito boa, tome mesmo estando o dia quente. Vc não irá se arrepender.

Segue abaixo os gastos que tivemos com alimentação. Os valores são de agosto de 2016 para um casal sem filhos. No final de cada dia tem o valor gasto no dia:

Dia 30/7 sábado :

Almoço/ lanche + café aeroporto Bogotá :36.200.

Tarja turismo 198000.

 shampo +chocolate : 18.600

Jantar+camarão empanado+lanche + bebidas :85.000

337,800

Dia 31/7 domingo

 Rest. Lá fondita :Almoço peixe inteiro e sopa de legumes incluso. 26.000

Noite frango dois pedaços com batatas no kirikiki 13.000

Sorvete taça e com wafer 24.000

63,000

01/8 segunda.

Cadeira de praia 7000

 Almoço 35.000 baby-sitter beff / café 2.000 / coca cola 2.500 / limonada de coco 4.000 = 47.850

Sanduíche no Qbano: 17.700 com batata e coca.

Noite janta: Kirikiki 4 pedaços de frango com batata 18.000.

1 coca lata 2.500.

Sorvete no Dudas : taça de frutas com sorvete e Brownei com sorvete 20.000

 Gel pós sol 10.000.

124,000

02/8 terça : limonada de coco 4000.

Palito de queijo 2.500.

Sorvete :8000.

Costelinha + lanche : 62,000

Sanduíche + chouriço: 20.000

96,500

03/08 quarta

110.000 carrinho.

Prato 25.000

Limonada de coco +coca 13000

Museu 30.000

Sapatilhas 24.000

Jantar : 55.000

Sorvetes 25.000

282.000

04/8 quinta

Passeio jonh cy entrada na ilha (2pessoas) : 40.000

Pinha colada:10.000

Limonada de coco 10.000

Coca:5.000

Almoço : 40.000

Sorvete : 5.500

2 Limonada de coco :8.000

Frango kikiriki :13.000

131.000

5 / 8 sexta

Passeios aquário. 50,000.

Lanche presto 26,000

Jantar 25,000

06/08 sábado

Carrinho golf 100.000

Compras 21.100

Bolsa 54.900

Sorvete 5500

Creme cabelo + maquiagem 39.400

Limonada coco 6500

Jantar 13000

07/8 domingo

Cafe com leite 3000

Tinta 4650

Almoço 14.000

Frango 17.700

Sorvete 5500

Batata pringles 3.900

08/8 segunda

Almoço 23,400

Jantar costela + lanche 79,900

Sorvete Pina colada 5,500

09/08 terca

Limonada de coco 8000

Chocolate 13000

Cafe, maquiagem, pringles 42,400

Passeio noite blanca 170,000

Passeios :

Os passeios são mais em conta do que no Brasil.

Volta na ilha: faça esse passeio assim que puder. Pois ele dará uma noção do tamanho da ilha. Descanse da viagem e logo no outro dia faça o passeio.

Tem gente que faz esse passeio 2 horas outros levam mais tempo. Mas se vc quer curtir toda a ilha tire o dia para fazwr o passeio. Saia pela manhã sem pressa.

Dica: não alugue os carrinhos de golf que oferecem. Apesar de ser mais barato (média de 120.000 o dia) eles são lentos e pode acontecer de vc alugar um muito velho.

Alugue o que eles chamam lá de “mula”. São um pouco mais caros, mas compensa no final. Para nesse caso vale a regra “o barato sai caro”. As mulas são carrinhos simples sem marcha. Qualquer um pode dirigir pois tem somente freio e acelerador.

A volts na ilha não tem erro, é a mesma pista a beira mar por toda a volta. Pode parar onde quiser. Os outros motoristas não buzinam pois estão acostumados com os carrinhos. Agora lá a lei de trânsito é, quem chegar primeiro passa. Então não estranhe as barberagens do povo local que basicamente anda de moto. Vc vai ver muitas e muitas motos. Então sempre que for virar, sinalize com a mão e entre devagar. Vc está de férias e não tem que ter pressa!

Outro passeio muito bom é para a pequena ilha de. Jonhy Cay. Eles vendem esse passeio junto com outros no mesmo dia. Mas o melhor é fazer somente a ilha,pois senão fica muito corrido para aproveitar a ilha. O passeio somente para a ilha sai por volta das 09hs e volta às 15hs o que dá para aproveitar bem o local. Até tiramos um cochilo no meio da ilha. Lá tem restaurantes se quiser almoçar por lá. Mas acho que vale a pena tomar alguma coisinha por lá e na volta comer em San andres mesmo.

Depois tem o passeio Aquário e Manta Raias. Manta Raias é um lugar onde vc pode ver as arraias bem de perto. Mas a dica é, faça o passeio Aquário e Haynes Cay, pois o local das arraias fica ao lado, ou seja não tem que pagar mais um passeio para ver as arraias. Haynes Cay e uma ilha pequena, mas vale a pena conhecer. Faça esse passeio a tarde.

Fomos tb num passeio de barco chamado Noche Branca. É um barco que sai as 19hs e fica andando pelo mar até as 23 hs. Durante esse período tem apresentações de dança muito legais e depois uma festa onde todo mundo dança, tipo “balada caribenha “. Bebida e comida inclusos no valor de 80.000 pesos (agosto 2016).

Enfim, San andres é uma ilha tranquila e muito bonita. Pretendo voltar para lá em breve.

Ficar lá por 7 dias e o suficiente para o conhecer e curtir tudo.

Dica final: pesquise, pesquise e pesquise!!! Hoje em dia com a Internet e sites de viagem tão informativos, podemos saber tudo sobre o lugar.

Eu pesquiso tanto que minha mulher fala que parece que eu já morei no lugar ou já visitei antes

Faça da pesquisa de suas viagens um passatempo agradável. E contribua colocando seu relato na Internet em todos os sites possíveis. Assim nós viajantes, estaremos nos ajudando.

12 publicações
1. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Pessoal, bom dia! Sabem me dizer se a taxa de entrada na ilha é aceita em dolar ainda em Bogotá? acabei de conversar com alguns nativos que me disseram que só é paga em pesos. Está bem dificil encontrar pesos no Brasil.

Consigo o cambio em algum lugar somente com o RG?

Estado de São Paulo
Colaborador nível
4 publicações
6 avaliações
2. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Olá. Vc e de São Paulo? Se for tem casas de câmbio que vendem pesos colombianos. Toda a minha viagem eu paguei em pesos colombianos,tudo sem excessão. Vi que algumas coisas em dólar são mais caras do que em pesos.

12 publicações
3. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Não, sou de Minas Gerais. Aqui a moeda está em falta. Estamos tentando no Rio, mas também está difícil de achar.

Estado de São Paulo
Colaborador nível
4 publicações
6 avaliações
4. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Em SP tem pesos. Eu achei melhor levar quase todo o dinheiro em pesos. Usei cartão de crédito algumas vezes somente. Dependendo do dia da sua viagem, tenta encomendar. Pode ser que até consiga achar um câmbio bom em Bogotá. Mas pela praticidade eu achei melhor levar tudo daqui,mesmo não comprando pelo melhor câmbio, não daí no prejuízo em virtude do sossego durante a viagem. Faça uma média de gastos por dia e daí configura levar o suficiente.

Brasília, DF
Colaborador nível
2 publicações
51 avaliações
5. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Boa tarde. Sim, se vc comprar no prórprio aeroporto de Bogotá aceita dólar. Fui lá agora, final de novembro e comprei assim ok?

Abçs

1 publicação
6. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Gostei muito do teu relato! Você sabe dizer se San Andres esta com o problema de sujeira de sargaço? Abraço!

Estado de São Paulo
Colaborador nível
4 publicações
6 avaliações
7. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Nao vi isso em toda a volta da ilha. Qualquer lugar que entre no mar a água está boa.

2 publicações
8. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Muito obrigado por todas as dicas, vocÊ foi ótimo. Estou me programando pra ir em Agosto, e todos os dias pesquiso, pesquiso muito rsrs

Rio de Janeiro, RJ
Colaborador nível
12 publicações
19 avaliações
9. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Boa noite!

Adorei o seu relato. Comecei a pesquisar sobre San Andres esses dias e estou com dificuldade sobre o câmbio, que moeda levar. Queria uma outra dica, sobre hospedagem. Vc indica o local que ficou? Os passeios podem ser contratados por lá mesmo ou precisa fazer alguma coisa daqui?? Essa seria minha primeira viagem fora do Brasil. Obrigada!!!

Taubaté, SP
Colaborador nível
2 publicações
95 avaliações
10. Re: Relato viagem a San Andrea Agosto se 2016

Caro DMS31,

Perfeito o seu relato sobre viagem a San Andrés. Parabéns.

O que gostaria de saber, caso vc ainda tenha a recordação, é o quanto, onde e como os passeios ocorrem em San Andrés.

As "mulas", por exemplo, já vi que é o mais indicado para conhecer a ilha, mas, onde contrata? qual o valor? quais as necessidades (CNH, etc)?

Existem também os passeios ao acuário, johnny cay, etc que vejo que não há um detalhamento maior.

Caso vc lembre e possa compartilhar sua experiência, agradeço, pois estou indo em Outubro/2017.

Obrigado.

Márcio Villar.

Encontre respostas para as suas dúvidas sobre San Andres