Salve o assunto
Feriado do trabalhador em Jericoacoara

Viagem maravilhosa para um destino inusitado.

A chegada no aeroporto de Cruz foi meio complicada porque acertamos o transfer por watts com Ycaro Conexão Jeri. O motorista Manoel iria nos buscar. Mas, quando eu e meu marido chegamos não tinha ninguém nos esperando. Liguei para o Manoel que disse estar com um problema. Entrei em contato com a Ycaro e nos informaram que o motorista tinha ido embora com outro casal que não quis dividir o transfer e nos deixou lá. Pediram que esperássemos o retorno do carro, mas como isso iria levar umas duas horas, dispensamos o serviço e nos vimos perdidos.

A sorte foi ter encontrado o pessoal da Potiassu, principalmente a Jamile. Eles foram super prestativos e , então, fomos para Jeri com o Galvanio Passeios. Ele foi espetacular. Nos deu muitas informações úteis e fez com que a viagem parecesse um passeio.

Jeri é um lugar incomum. Pé na areia mesmo. A vila é um charme, cheia de lojinhas e restaurantes para todos os bolsos.

A praia não estava para banho. Tinha muita água viva e algas. Nos disseram que é a época do ano (inverno com chuva todo dia, mas passageira).

Fizemos mais um passeio com a Potiassu, intermediado pela Jamile. Fomos para as lagoas com o Ítalo. Ele fez um extra na volta e nos levou de volta a jeri pelas dunas. Que lugar! Muito emocionante.

A praia da Malhada foi nossa preferida.

Dias inesquecíveis.

Como não poderia deixar de ser, pelo excelente atendimento da Jamile e equipe, fizemos o transfer de volta ao aeroporto com a Potiassu.