O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

Egito Fórum: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Belo Horizonte, MG
Colaborador nível
15 publicações
18 avaliações
Salve o assunto
Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Acabo de retornar de uma viagem ao Egito no dia 4 de maio. Fiquei no pais durante 12 dias. Pensei em escrever essas dicas para ajudar os brasileiros que estão pensando em ir para o Egito e tem medo por causa da insegurança, religião, etc. Aí vai:

Primeiramente gostaria de escrever a todos os brasileiros que estão pesquisando para ir ao Egito para esquecerem tudo o que pensam ser o Egito. O Egito é muito mais que um país de pirâmides e monumentos suntuosos. O Egito é um país maravilhoso, com pessoas maravilhosas e extremamente preparado para receber os turistas. Era meu sonho conhecer esse país, e posso dizer que todas as minhas expectativas foram ultrapassadas. Até meu marido, que estava indo somente de “acompanhante” nessa viagem, pois achava que não ia gostar, ficou encantado e agora já temos planos de voltar uma segunda vez para o país.

SEGURANÇA: Esqueça em o que a mídia escreve sobre atentados, posso te garantir que você está muito mais seguro no Egito do que andando na rua em qualquer cidade brasileira. Talvez por ser um povo de maioria islâmica, em que roubar é pecado, andar pelas ruas de qualquer cidade do Egito com medo de ter seus pertences roubados, passa a ser irreal. Chegamos a esquecer uma mala de mão dentro do aeroporto, deixar pertences em mesas e ao retornar estar tudo lá no mesmo lugar ou alguém ter guardado para você.

PONTOS TURÍSTICOS: fotos não podem expressar o que é realmente visitar o que é ver as pirâmides, Abul Simbel, navegar pelo Nilo. Tudo é grandioso e lindo. Aproveite os monumentos, mas não deixe de se mesclar com o povo egípcio. Não tenham medo, ninguém irá te fazer mal.

POVO EGÍPCIO: povo com personalidade muito parecida com a do povo brasileiro, com um senso de humor vibrante e sempre dispostos a ajudar e sempre dispostos a explicar mais sobre a cultura do povo egípcio e também sobre a religião islâmica. Confesso que continuo achando o islã uma religião muito injusta no que condiz o sexo feminino, mas aprendi muitas coisas sobre a mesma conversando com as pessoas, e hoje tenho um ponto de vista mais aberto sobre essa religião que conhecia somente pelas estupidezes que se vê na mídia ocidental

MULHERES NO EGITO: podem ir tranquilas para o Egito. Aconselho apenas ir com guia turístico, principalmente pela barreira da língua e costumes. Obviamente não terá que andar com a cabeça coberta, mas aconselho discrição nas vestimentas (nada de shortinho ou camiseta que aparecem os ombros, roupas muito apertadas), deixe o biquíni e shortinho para o hotel ou barco, na rua, saia longa ou calça comprida. Andei pelo mercado de Khan Al Khalili sozinha e não tive problema nenhum. Por ser um país mulçumano, em que as mulheres andam cobertas, quando aparece alguma mulher vestida de forma ocidental é impossível não reter olhares. Mas os olhares, em sua maioria são de quase uma adoração, te olham maravilhados, como se você fosse uma deusa, te chamam de “beautiful”, piscam, dão sorrisos. Ninguém encostou em mim ou quis me comprar, como já li em alguns lugares. Alguns podem para tirar foto com vc, mas nem colocam a mão no seu ombro para a foto. Podem até falar alguma indecência (que você não entenderá obviamente), mas leve tudo na esportiva e sorria, pois, o sorriso é a porta de passagem para todas as barreiras de qualquer língua.

VENDEDORES: Os vendedores egípcios têm fama de serem muito insistentes, e isso é mais pura verdade. Nos templos eles te perseguem e ficam em cima mesmo. No início é meio desconfortável, mas depois de uns 3 dias vc já tira de letra e dispensa rapidinho e não se incomoda mais com eles tentando te vender algo. E a regra de ouro número 1 no Egito: tudo, absolutamente tudo o que for comprar estará com o preço bem mais alto que o normal, logo você terá que pechinchar com bastante afinco. Digo diminuir o preço no mínimo em 50% para começar a ficar mais justo, o ideal é 70%. Nós no Brasil, temos uma mínima cultura de pechinchar, mas nada comparado ao Egito. Se prepare para deixar o que quer comprar em cima da bancada e sair da venda, caso o preço não esteja ao seu agrado, pode ter certeza que 90% das vezes eles vão te buscar na rua para vender a mercadoria, e vão te xingar em árabe e vc vai sair feliz da vida com a sua bugiganga.

Os guias irão te levar a lojas chiques para comprar coisas mais finas, de acordo com eles. Eles recebem comissão das vendas, por isso te levam a essas lojas. Se vc gostar de algo, compre, mas lembre-se de pechinchar muito, porque eles enfiam a mão mesmo no turista. Falam que o produto deles é legítimo, que o que vendem na rua é falso, bla bla bla. Se vc quiser comprar, compre, mas pechinche muito, mas muito mesmo, porque vc irá pagar caro, mesmo pechinchando.

PREÇO DAS COISAS: devido à grande desvalorização da libra egípcia, você vai achar tudo muito barato, e realmente é, mas não deixe de pechinchar. Provavelmente, se você tiver um bom organizador de viagens (recomendo a Memphis Tour, empresa de turismo egípcia e número 1 no tripadvisor) você ficará em provavelmente os melhores hotéis da sua vida e por preço de um hotel 3 estrelas, por exemplo, em Salvador. Logo pague uns dólares a mais e fique em hotéis 5 estrelas e extremamente confortáveis. Você não irá se arrepender.

GORGETAS: nós brasileiros, não estamos acostumados a dar gorjetas, mas fique sabendo que é um costume no Egito. As gorjetas ajudam nos ganhos dos trabalhadores, pois o salário lá não é dos melhores. Logo, deixe de “pão-duragem” e já separe, antes de viajar, uns 10% do que pretende gastar lá em gorjetas. Você dá gorjeta para tudo lá, principalmente se quiser usar o banheiro dos lugares públicos, aeroportos, templos. Se não der gorjeta, talvez nem ganhe papel higiênico ou nem possa entrar no banheiro. De 5 a 10 libras egípcias ( o que equivale a 0.5 dólares) é suficiente para o banheiro. Gorjeta para carregador de malas (de 1 a 3 dólares), garçon (aprox. 10% da conta, como no brasil), guias turísticos (no mínimo 5 dólares por pessoa se for um dia inteiro, ou 2.5 dólares de for meio dia), toalheiro de hotel (1 dólar), quer tirar foto com um beduído, 1 dólar de gorjeta, e por aí vai. Logo aconselho a já separar uma parte do dinheiro que vai levar para gorjetas. Lembre-se que o Egito é um pais pobre e as pessoas tem o costume de receber basheeshee (gorjeta) para complementar a renda. Então por favor, não seja mesquinho e dê gorjeta.

Acredito ter abordados todos os pontos importantes de se preparar para uma viagem ao Egito. Vá de peito aberto e descobrirá maravilhas sobre esse país.

Quem tiver com alguma dúvida, pode escrever aqui que eu respondo, se eu souber.

64 respostas para este tópico
Farroupilha, RS
Especialista no destino
for Discussão geral
Colaborador nível
4.316 publicações
2.341 avaliações
Salve a resposta
1. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Olá Ana!

Bem vinda ao fórum do Tripadvisor.

Muito bom o seu post, pois esclareceu muitas dúvidas , principalmente à respeito da segurança atual.

Isto ajuda a todos nós quando vamos planejar uma viagem.

Solange

Colaborador nível
47 publicações
157 avaliações
Salve a resposta
2. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Ana, muito obrigada por ter dedicado um tempimho em escrever esta msg. Ajudou muito na minha organização da viagem. Qdo eu retornar irei trocar figurinhas com vc. Abraços

São Paulo, SP
Colaborador nível
9 publicações
33 avaliações
Salve a resposta
3. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

obrigado pelas dicas, irei em outubro com a namorada e estava meio preocupado. ainda tenho duvidas sobre o visto de entrada (irei por doha) e tambem gostaria de saber se voce foi a sharm el sheik

muito obrigado

Paulo

Farroupilha, RS
Especialista no destino
for Discussão geral
Colaborador nível
4.316 publicações
2.341 avaliações
Salve a resposta
4. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Olá Paulo!

Tenho a indicação de dois guias , que vc poderá entrar em contato e conversar diretamente com eles .

Hassan

 Tel.: +20 100 659 48 27 e-mail hassanhemida@gmail.com FALA PORTUGUÊS FLUENTEMENTE

Ibrahim

Tel: +201014309071

Solange

Farroupilha, RS
Especialista no destino
for Discussão geral
Colaborador nível
4.316 publicações
2.341 avaliações
Salve a resposta
5. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Olá Paulo!

O visto é feito no aeroporto mesmo, estes guias que te indiquei lhe ajudarão com isto.

Custa 25 dólares .

Solange

São Paulo, SP
Colaborador nível
6 publicações
48 avaliações
Salve a resposta
6. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Ótimas dicas!

Você acha tranquilo trocar dinheiro no aeroporto? Vi um blog falando que todos os bancos do Egito tem a mesma cotação, mas não achei nenhum outro lugar falando disso.

Onde recomenda fazer câmbio?

Farroupilha, RS
Especialista no destino
for Discussão geral
Colaborador nível
4.316 publicações
2.341 avaliações
Salve a resposta
7. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Olá Aline!

No aeroporto é bem tranquilo,mas se vc fizer o passeio co os guias que indiquei estará incluso hotel,cruzeiro e várias refeições, portanto não haveria necessidade de trocar muito dinheiro.

Solange

Belo Horizonte, MG
Colaborador nível
15 publicações
18 avaliações
Salve a resposta
8. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Oi Paulo, para entrar no Egito você paga $25,00 dólares no aeroporto para o visto. É simplesmente um adesivo que eles colam no seu passaporte antes de passar pela imigração. Como eu fechei tudo com a Memphis Tour, quando eu desci do avião, já tinha um representante da Memphis me esperando e ele já tinha os adesivos do visto, que simplesmente colou no passaporte e ai passamos pela imigração. Mas não se preocupe que antes da imigração tem o quiosque que vendo o visto e ai é só entrar na fila, comprar e colar no passaporte. Simples assim.

Belo Horizonte, MG
Colaborador nível
15 publicações
18 avaliações
Salve a resposta
9. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Oi novamente Paulo. Fui sim a Sharm El Sheik, fiquei lá 4 dias e 3 noites. Eu gostei muito, pois adoro praia e essa no meio do deserto é espetacular e eles tem muitas variedades de peixes. Vale a pena pelo menos um passeio de barco com snorkel. Não sei se está indo de excursão, mas procure fazer um passeio que eles tem por lá que é em quadriciclo pelo deserto no final da tarde e depois jantar com os beduínos. Foi fantástico andar pelo deserto de quadriciclo.

Belo Horizonte, MG
Colaborador nível
15 publicações
18 avaliações
Salve a resposta
10. Re: Dicas fresquinhas sobre o Egito - Maio de 2017

Vc pode trocar um pouco de dinheiro no hotel e ir trocando ao longo da viagem. A maioria dos hotéis te casa de câmbio. Nos barcos geralmente não tem casas de câmbio, logo já vá com o dinheiro trocado para o barco. Vc também pode pagar as bebidas e lavanderia em dólares (mesmo preço). Algumas lojas também fazem troca de dólares, mas geralmente fazem a cotação um pouquinho para baixo, mas ai vc dá uma chorada e eles deixam pela cotação oficial, ainda mais se vc for comprar algo na loja. É bem fácil trocar dólares lá, agora destrocar libra egípcia para dólar é impossível, logo vá trocando aos poucos e vendo qual é a sua média de gastos, e chegando no fim da viagem, fique atenta para não trocar libra demais.