Viagem ao México Bahia Principe Tulum

Estive recentemente no México de 22.04.2018 a 29.04.2018.

Reservei esta viagem com a agência Abreu (Portugal) cuja operadora foi a SOLTOUR. Foi uma viagem com um grupo de amigos de longa data e com os quais já fiz outras viagens. Tinha tudo para correr bem. Graças à SOLTOUR nada disto sucedeu e finda a viagem sinto-me enganado e defraudado nas minhas expetativas.

Estive no Grand Bahia Principe Tulum. Hotel bem localizado mas que deve melhorar muito na simpatia e na disponibilidade para ir de encontro aquilo que é mais importante. a satisfação do cliente final.

No dia 23.04 ao chegar logo de manhã à praia de Tulum, deparei-me com um cenário desolador. A praia estava cheia de algas o que impossibilitava aquilo que mais queríamos fazer. Desfrutar das águas quentes do México. Constatamos que para tomar banho, teria de percorrer a praia toda até à zona do hotel Akumal, pois essa zona de praia estava completamente limpa de algas. só que segundo as regras do hotel não podia utilizar os serviços do hotel Akumal (restaurantes e bares) nem tão pouco deitar-me nas espreguiçadeiras reservadas para os hóspedes do hotel.

Aproveitei para falar com algumas pessoas que trabalhavam na remoção de algas e foi surpreendido quando me disseram que esta questão das algas na praia é um fenómeno que atinge a costa do México à alguns meses. Então se é assim, o operador tinha obrigação de informar os clientes desta condicionante de modo aos mesmos escolherem se queriam ir de facto para este destino ou se escolhiam outro. Nada disso. Ninguém informou de nada e toca a vender a ganhar dinheiro. Os clientes que se lixem. Acresce a tudo isto que mais tarde em conversa com o responsável do hotel e na frente da pessoa da Soltour confirmei que aquilo que me tinha sido dito pelas pessoas que trabalhavam na praia era mesmo verdade. O Diretor do Hotel confirmou isso mesmo.

Se bem que entenda que se trata de um fenómeno natural, é de todo incompreensível e de uma total falta de profissionalismo que, a operadora SOLTOUR no México, não tenha informado a sua congénere em Portugal, que esta situação estava ocorrendo.

Mais indignado fiquei quando solicitei à pessoa da Soltour uma solução para esta situação e além de me ter sido recusada toda e qualquer alternativa que coloquei ainda se riram na minha cara dizendo que tinham centenas de portugueses no hotel e ninguém tinha reclamado. coloquei a possibilidade de efetuar uma mudança de hotel e passar para o Akumal suportando nós parte da diferença. Nem pensar. Para mudar de hotel tínhamos que ser nós a suportar todas as despesas. ainda colocamos a possibilidade de continuar no Tulum mas ser-nos permitido poder usufruir dos serviços do Akumal. Também não era possível. Nem Soltour nem o Hotel conseguiu encontrar alguma solução a 7 pessoas que tinham feito mais de 10.000Km e se sentiam revoltadas, injustiçadas, enganadas e acima de tudo infelizes. a única coisa que nos disseram para fazer era efetuar reclamação. fizemos isso sabendo que na altura nada resolvia.

Se soubesse que a situação era esta na altura em que efetuei a reserva, teria pensado melhor e escolheria outro destino. Até podia ser com a SOLTOUR mas não para este destino.

Para mim vou guardar para todo o sempre a expressão da minha mulher e da minha filha quando chegaram à praia e se depararam com aquela desgraça. as lágrimas correram pela cara abaixo. pergunto: É isto que temos que ter numa semana de férias? Não. claramente não.

Quero acima de tudo lamentar a atitude da SOLTOUR, informar que dificilmente reservo qualquer outra viagem por este operador porque não são pessoas sérias e honestas. Gastei mais de 1.100€ por pessoa e face ao que passei considero-me roubado. Quero também que este meu relato do sucedido sirva de alerta a outras pessoas que pretendam viajar para esta zona. Antes de o fazerem pensem bem com quem reservam e informe-se da qualidade da praia.

Conto não ficar por aqui e tentar todos os meios e mais alguns para informar daquilo que passei.