"Bad trip" com locação de carro.
Salvar

Vão minhas dicas aos leitores através do relato de experiências negativas que tive com recente locação de carro na MOVIDA, para ir de Porto Alegre a Gramado (RS).

  Quando peguei o carro, o relatório acusava danos pré-existentes na lataria que mal se podia perceber, mas deixava de acusar outros claramente visíveis a qualquer um, inclusive com remoção da pintura. Nada notei de especial no para-brisas além do fato de ter sido deixado molhado na lavagem recém feita. Pedi ao funcionário que registrasse os danos por mim assinalados, mas o mesmo se recusou, dizendo que "não haveria problemas na devolução".

  Durante a viagem precisei fazer contato com a locadora pois fiquei doente e queria que minha esposa dirigisse, mas o telefone fornecido não atendia. Achei o SAC da MOVIDA na internet, fui atendido com muita má vontade e sem obter solução.

  Ao chegar a Porto Alegre de volta fui surpreendido com a responsabilização por um “picote” no canto do para-brisas, em local de difícil visualização, e facilmente “camuflável” pelo vidro estar molhado quando peguei o carro. Afirmo que não houve qualquer intercorrência durante a locação, principalmente impacto de objeto contra o para-brisas, que teria sido percebido. Neguei responsabilidade sobre o "picote" e atribuí o mesmo a falha na vistoria inicial, que fora mal feita (ou até de má-fé).

  A Movida desconsiderou qualquer argumentação, cobrou o para-brisas no meu cartão, e negou-se a fornecer por escrito o resultado do "procedimento de verificação" que "diz" ter realizado. Não se mostrou empresa confiável e comprometida com o bom atendimento do cliente. Infelizmente percebi tarde demais que é uma das campeãs de reclamações na internet.

  Recomendo aos leitores cuidado com a escolha da locadora e com as "pegadinhas" do tipo que descrevi.