O seu navegador não é compatível. O site Tripadvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

Nacional Inn São Paulo Hotel

Av. Cásper Líbero, 125, São Paulo, Estado de São Paulo 01033-001 Brasil
avatar-imageavatar-imageavatar-image
Viajante (67)
Quarto e suíte (43)
Restaurantes (6)

Ver preços para as datas da viagem

Os preços são uma média das diárias fornecidas pelos nossos parceiros e podem não incluir todos os impostos e taxas. As taxas e impostos exibidos são apenas uma estimativa. Para saber mais, consulte nossos parceiros.

Sobre

Nº 219 de 388 hotéis em: São Paulo
Localização
Limpeza
Atendimento
Custo-benefício
Localizado no Centro de São Paulo,contamos com uma localização privilegiada! Vá à pé,fazer suas compras na famosa "25 de Março",ou se preferir, ao bairro onde há tudo em eletrônico: Sta Efigênia. Ficamos pertinho da Estação de metrô São Bento,caso queira passear em nossa cidade, sem gastar muito. Praticidade,economia e conforto é o que você encontrará,hospedando-se conosco. Será muito bem-vindo(a).
Leia mais
Recomende alterações para melhorar nosso conteúdo.Aprimorar este perfil
Serviços do estabelecimento
Internet sem fio gratuita e de alta velocidade (Wi-Fi)
Wi-Fi
Café da manhã gratuito
Recreação (atividades para a família)
Serviço de concierge
Jornal
Recepção 24 horas
Serviço de lavanderia
Bufê de café da manhã
Hotel para não fumantes
Sala de TV/lounge compartilhado
Mostrar mais
Comodidades nos quartos
Ar-condicionado
Serviço de limpeza
Serviço de quarto
Água mineral
Frigobar
Tipos de quarto
Quartos para não fumantes
Suítes
Quartos para família
Detalhes úteis
CATEGORIA DO HOTEL
3,0 de 5 estrelas
Idiomas falados
Português, Inglês, Espanhol
93avaliações7perguntas e respostas31dicas de quarto
Pontuação dos viajantes
  • 11
  • 31
  • 36
  • 12
  • 4
Época do ano
Tipo de viajante
Idioma
Filtros selecionados
  • Filtrar
  • Português
avatar-image
FranciscoRP2015 escreveu uma avaliação Ontem
São Carlos, SP593 contribuições104 votos úteis
Trata-se de um pequeno e antigo hotel que foi reformado e apresenta um excelente custo/benefício, apesar de ter apenas um pequeno elevador, os quartos são amplos, as camas confortáveis e o banheiro relativamente bom com bom chuveiro. A limpeza é boa. A localização é boa em região próxima a várias opções no centro que dependendo dá para ir a pé, pois a região ainda é relativamente calma. o café da manhã é simples, mas razoável apesar de o salão ser pequeno. Tenho ficado nele por várias ocasiões de trabalho.
Leia mais
Data da estadia: fevereiro de 2024
Custo-benefício
Quartos
Localização
Limpeza
Atendimento
Qualidade do sono
Tipo de viagem: Viajou a trabalho
Dica de quarto: Em reservas antecipadas os valores são mais atrativos
Veja mais dicas sobre quartos
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.
Útil
Compartilhar
avatar-image
Sidney_Silva escreveu uma avaliação dez. de 2023
Porto Velho, Brasil871 contribuições168 votos úteis
+1
Não nutro boa relação com essa cadeia de hotéis, pois é uma das que acuso de discriminação. Homem hospedando-se sozinho tem garantido os piores quartos. Essa marginalização se estende aos canais que se usa para fazer reservas. Como moro há muito tempo em hotéis, sou cliente nível top em vários sites de reservas e, num deles, tenho acesso a descontos consideráveis, o que aumenta o desinteresse da gerência do hotel, a ponto de gerar hostilidades. Já fiz reclamações dirigidas a hotéis da rede por discriminação. Uma das provas é que neste hotel fui instalado no quarto 205 o único que não possui ar-condicionado Split – 2 vezes. E olha que numa dessas vezes eu fui o primeiro hóspede a chegar e o último a ter o quarto liberado e o porteiro ainda teve a audácia de insinuar que me fez um favorzão. Isso porque aguardava que o pior quarto do hotel fosse liberado especialmente pra mim. Penso que a única vez que não fiquei nesse quarto foi porque ele já estava ocupado por outro coitado. Veja que também fui colocado num quarto baixo. E pra quem mora em hotel o tempo que morei, sabe que, quanto maior o andar, maior a consideração que têm por você. Vim parar aqui, pois o hotel do lado, que é da mesma rede, alocou-me num quarto muito ruim por uma recepcionista que só posso supor que se antipatizara comigo. Fica claro, logo na entrada, que esse hotel é inferior ao seu vizinho, mas nem sempre tem diária mais baixa. Esse hotel é inadequado para pessoas com mobilidade reduzida. Precisei subir vários lances de escadas apenas para chegar à recepção com minha enorme mala, que devido ao peso, preciso usar um carrinho de bagagens. E ainda precisei subir igual lance de escadas para chegar aos elevadores. Solicitei apenas um quarto insonorizado. Então fui informado que quartos na parte de trás do hotel são todos com camas de solteiro (estranho, não?), como meu sono é mais importante que a reserva para cama de casal, aceitei a troca em nome da qualidade do sono. Tem como principal vantagem estar localizado no Centro o que facilita a locomoção, está próximo de muitos mercados, restaurantes e pontos turísticos. Tem a vantagem que muitos fast foods e restaurantes na Avenida Ipiranga são 24 horas. Ao mesmo tempo essa também é sua maldição: um barulho ensurdecedor 24 horas por dia, no Centro mais degradado, perigoso e violento dentre todas as capitais brasileiras. O cheiro de urina e (visão) de fezes é corriqueiro. Uma vergonha para todos nós brasileiros termos como cartão postal aos poucos estrangeiros que vem para o país. Como em todo hotel antigo o quarto é grande – se comparado aos hotéis mais novos. Com diferentes configurações de camas e vistas. Uma mesa que me pareceu improvisada próximo à porta. Não pude assistir TV enquanto trabalhava no note, o que me deixou muito desgostoso. Também era muito alta, dificultando o uso do teclado. A cadeira de pernas de metal fazia muito barulho ao ser arrastada e também não tem qualquer ajuste, sendo desconfortável depois de horas trabalhando sentado. Faltou a sempre bem-vinda armação para se colocar a mala, então fui obrigado a coloca-la sobre uma das 3 camas que eram separadas por criados mudos. Essa quantidade de cama foi um estorvo, pois além de ter faltado espaço para colocação da armação da mala, também atrapalhou a abrir as portas do guarda-roupas, melhor seria que o mesmo não tivesse portas. Os interruptores de luzes e as tomadas me pareciam bem localizados, mas não sobravam tomadas, todas as 3 foram ocupadas. Uma boa quantidade de tomadas estava no banheiro dividindo espaço com os interruptores de luzes o que dificulta usar aparelhos que possuam transformador, como por exemplo celulares, carregadores de pilha, etc. Sinal de mesquinharia: existiam quadros de tomadas fechados. Lugares assim acham que diminuindo o número de tomadas economizam, pois deixam menos opções para o hóspede “gastar” energia. Só a título de conhecimento a voltagem é 127V – essa informação é importante pra mim, pois tenho muitos produtos importados que não são bivolt. Para se pendurar as roupas havia bom espaço e poucos cabides, se imaginarmos que o quarto é para até 3 pessoas – para uma única foi suficiente. Mesmo assim, faltava espaço para colocar as bagagens quando se desfazia a mala, até para uma pessoa. O frigobar tinha um bom tamanho – mas, não era grande -, de marca famosa e funcionou muito bem, ajudado pelo frio que fazia, em pleno verão. Só faltava ter feito o degelo do congelador – como sempre. Prefiro hotéis sem frigobar abastecido como esse. O ar-condicionado Split também era novo. Até liguei para ver se era quente/frio, mas apenas refrigerava, então permaneceu desligado o restante da diária. A TV tinha péssima imagem e sintonização. O acesso as principais conexões era facilitado (HDMI, pen-drive, etc). O receptor da TV à cabo não fica no quarto, assim não pude verificar a programação na tela, escolher o tipo de áudio e legenda, programar o horário da mudança de canal e tão pouco liberar o bloqueio de canal devido a classificação indicativa. Não só: tem sempre um canal congelado/desatualizado/desconfigurado/mal sintonizado (aqui, além da péssima imagem, o canal Space ficou mudo durante toda uma estada, nas outra foi o FX que ficou congelado, além da imagem ficar “maior” (zoom) em relação à tela da TV) e você fica na dependência do “técnico” de reconfigura-lo e como não é prioridade, melhoram uns canais e pioram outros ou são trocados, isso quando alguém toma alguma providência. A opção por esse tipo de sintonização é sempre problema, logo, qualquer hotel em que o box da TV à cabo fica no quarto, leva vantagem. Mesmo não gostando desse tipo de sintonização, contudo, é melhor que aqueles hotéis que oferecem apenas a programação das TVs abertas. A internet wifi, com raríssimas exceções nessa rede, é o que há de pior. Acredito que pelos hotéis da rede serem muito antigos, assinaram um plano no início da internet e não atualizaram, então são péssimas em todos os sentidos. Lenta, instável, quedas constantes e com quartos em que o sinal mal chega. É o exemplo do que de pior pode ser oferecido ao hóspede. Acho uma vergonha que em pleno século 21, com os planos cada vez mais baratos ao mesmo tempo em que a velocidade é cada vez maior, além de contarmos com a vantagem que não existe limite de transferência de dados, ainda existam hotéis que não ofereçam um serviço fundamental como esse de qualidade. Em termos de segurança: apenas um trinco na porta. Sem cofre e nem olho mágico, que fez falta, pois altas horas da noite alguém se enganou e ficou batendo à porta. Na parte das cortinas, tudo errado. Num dos quartos, tão logo cheguei, abri as cortinas, não tinha percebido que o terminal não estava instalado no trilho e quando percebi, toda a cortina de um lado caiu. Não havia blecaute e mesmo sendo escura, clareia com o dia – acho que o mínimo que um quarto de hotel deve oferecer é um blecaute. Faltou uma segunda cortina, clara e opaca, que permitisse a entrada de luz natural e ao mesmo tempo protegesse a privacidade. Fui obrigado a deixar a cortina fechada o tempo todo em que permaneci no quarto e usar as luzes artificiais. A qualidade do sono foi extremamente prejudicada na segunda estada. A janela não contava com tratamento acústico, logo os sons externos não eram amenizados. O piso do lado de fora do quarto não era carpetado, então, quando alguém passava empurrando ou puxando um carrinho, parecia uma locomotiva, tal o barulho que produzia. Para piorar os vizinhos de cima do meu quarto não eram muito educados, só perdiam nesse quesito para as arrumadeiras. Sério: no domingo cheguei a subir as escadas para verificar se o apartamento acima não estava em obras tal a barulheira provocada pela camareira. Não apenas ela, a camareira do meu andar me incomodou cedo ao limpar o quarto ao lado e olha que as paredes são grossas. Infelizmente falta muita empatia a essa classe de funcionários. Os colchões e travesseiros - é uma avaliação pessoalíssima - mas para mim foram bons. O que sempre aborrece - e aqui não foi diferente - foi o lençol inadequado a altura do colchão. Era comum, com o movimento à noite, acordar sem que houvesse nada entre mim e o colchão. Alternativamente, por conta desse mesmo movimento, criava ondulações sob meu corpo deixando-o todo marcado. Era comum acordar e perder tempo de sono pra ficar esticando o lençol e alinhar o colchão com a cama box – que também vivia saindo do lugar - por fim, nos quartos que era possível, arrancava o lençol da cama de casal e usava na cama de solteiro o que produziu um resultado bem melhor. Não havia cobertor no quarto, durante a madrugada, dada a queda da temperatura fui obrigado a solicitar um cobertor na recepção que ainda foi entregue no quarto errado, por culpa da recepção que transmitiu o número errado do quarto. O banheiro já não tinha dimensões tão grandes quanto o quarto, piorado pela existência de um bidê. Na pia, a torneira apesar de baixa casava bem com a cuba de bom tamanho. Tanto aqui, quanto no banho, uma torneira para água quente e outra para água fria e o aborrecimento de encontrar a regulagem da temperatura da água ideal. Nessa rede a ducha está sempre com limpeza a ser feita – furos entupidos que espalhavam água por toda parte –, mas no 2º quarto foi ainda pior: o chuveiro estava rachado e com a força da água, esta era jogada na parede, até tentei virar o chuveiro, mas ele estava colado. No primeiro quarto a torneira da água quente do chuveiro caía o tempo todo, ao final ficou no chão, cansei de me abaixar para pegar. A área do banho é muito restrita e você fica se debatendo com o box e as paredes. Havia um tapetinho, 2 toalhas de banho (excepcionalmente, no segundo quarto uma toalha de rosto – incomum nessa rede), 3 (às vezes 4) sabõezinhos, 2 sachês de xampu e 2 toucas de banho (outra excepcionalidade da rede)... suficientes para não depender de reposição numa curta estada. As toalhas no primeiro quarto não eram boas, as do segundo eram melhores. O secador servia de enfeite, já que não funcionava. O assento sanitário do quarto 204 acentua (negativamente) a simplicidade do lugar: é daqueles de plástico duro e quando trincado fica ferindo quando é usado – esse é o tipo de mesquinharia que prejudica o hóspede e desqualifica o hotel. Também no quarto 204, a latrina era tão próxima do box do chuveiro que era obrigado a sentar de lado o que foi muito incômodo. O café da manhã incluído na diária é muito bom, o que é ruim é a quantidade e o tipo de mesas. Ao invés de priorizarem mesas pequenas para uma ou 2 pessoas como fazem os shoppings, colocaram mesas enormes. Com isso, não importa o horário, o mesmo está sempre cheio. É chato você dividir a mesa de refeições com estranhos num momento que ainda não estamos livres da Covid. A outra única advertência que faço ao café em si é que usam jarras enormes para se colocar o suco de laranja, o problema que o gomo desce e torna-se quase impossível beber. O correto seria utilizar máquinas com misturadores. Só havia um elevador para atender todo o hotel. Velho, lento e pequeno era muito concorrido, principalmente no horário do café, insuficiente para atender tantos hóspedes. E olha que não fiquei hospedado na alta temporada. Por último abordo um assunto que me é importante. Numa das últimas estadas vi as camareiras reclamando de um hóspede que, segundo elas, permanecera no quarto o dia todo e que agora desejava o serviço de quarto. Identifiquei-me completamente com a situação. Depois de tanto tempo morando em hotéis, as camareiras são responsáveis por algo acima de 80% por deixar um hotel... e não voltar. Eu dependo da internet para meu trabalho – por isso ela é muito importante pra mim – e, portanto, deixo muito pouco o quarto. O serviço de quarto está incluso na diária – perceba que disse diária e não pernoite. Diferente do que as camareiras pensam e agem, não sou obrigado a deixar o quarto à disposição para quando elas acharem qual é o melhor momento para fazer o serviço. Se a limpeza está inclusa na diária, é direito do hóspede tê-la no momento que lhe é mais conveniente e obrigação do hotel providenciar. Existe uma recepção 24 horas por dia para cobra-lo de qualquer custo, então porque os serviços que lhe são prestados, todos precisam ter horário? Na realidade, a camareira atribui um determinado momento para fazer o serviço no seu quarto, caso esse período não coincida com o tempo que você liberou o quarto, ela anota na planilha: “o hóspede não saiu do quarto”, o que é uma jogada astutamente ordinária, pois não só deixa de fazer o serviço, como põe a culpa no hóspede. Ninguém nunca me procurou para devolver parte da diária por não ter tido serviço de quarto. Estou tão psicologicamente abalado pelos problemas que tive com camareiras durante todo esse tempo que hoje adotei estratégias, no mínimo bizarras. Só fico num hotel tempo suficiente para que não necessite do serviço de quarto. Quando chega a esse ponto, vou para outro hotel, ou seja, chego a trocar de hotel pelo menos 2 vezes por semana, com o único intuito de não depender da boa vontade das camareiras. Nesse hotel, enquanto estive hospedado, não houve um único dia sequer que liberei o quarto para a camareira. O serviço também não se mostrou muito bom. A única coisa boa que fizeram pra mim, foi trocar o lençol de solteiro por um de casal para que não saísse do lugar à noite. E só. Considerando que não sou um “turista comum”, pois moro em hotéis há mais de 9 anos, naquilo que mais prezo como opções de canais da TV, internet wifi, manutenção e atendimento, localização, e, por fim, o mais importante, qualidade do sono o hotel foi ruim. Destaco negativamente a qualidade no sono, a internet, a TV e sintonização, o chuveiro defeituoso do 2º quarto e o atendimento. Positivamente o destaque vai para a localização, o frigobar do primeiro quarto, o ar-condicionado do 2º quarto, a armação da mala e a disponibilidade de lugares para se alojar o que trouxe de bagagem. Nunca foi fácil conseguir um bom hotel no centro de qualquer capital, pois normalmente são projetos antigos e a idade se faz sentir, principalmente se a administração não tem muito interesse em atualiza-lo ou manter a manutenção em dia, pois muitas vezes é preferível cobrar um “preço mais em conta” do despender um alto valor com reformas. Eu coloquei entre aspas a expressão acima, pois a oferta e demanda ainda é a Lei do mercado, então é interessante perceber que exatamente quando a lotação do hotel está alta e o valor das diárias idem, é o momento que a qualidade dos serviços prestados caem como ocorreu nesse hotel: a internet que já é ruim fica ainda pior, faltou água quente, serviço de quarto não é feito a contento ou não é feito, o elevador é concorridíssimo, o café está sempre cheio, etc. Eu sempre odiei morar em hotéis e depois de 9 anos, minha paciência encontra-se no limite. Você acaba tendo uma lista de hotéis nos quais não retorna de jeito nenhum – que tem crescido muito -, uma outra lista de hotéis que prefere evitar e no meio disso tudo, ainda tem que considerar o valor da diária. Sempre evitei os hotéis dessa rede que sempre foram muito preconceituosos e têm péssima internet, mas com tantas restrições, às vezes, a opção é pelo menos pior. Já evito hotéis que não são de rede, pois, normalmente, invasões aos quartos quando você não está presente são comuns – não que isso não ocorra também nos hotéis de rede, mas é bem menos comum. Enfim, a satisfação do hóspede é o que menos importa, nada contra o lucro, mas precisam “caminhar” na mesma “direção” para que seja bom para ambos os lados.
Leia mais
Data da estadia: janeiro de 2023Tipo de viagem: Viajou sem companhia
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.
Útil
Compartilhar
Resposta de Gestor de Experiencia, Owner do estabelecimento Nacional Inn São Paulo Hotel
Respondida em 12 de dez. de 2023
Caro Sidney_Silva, Agradecemos por compartilhar sua experiência no Hotel Nacional Inn São Paulo. Lamentamos por qualquer inconveniente que tenha ocorrido durante a sua estadia. Levaremos em conta suas críticas sobre discriminação e problemas de reservas para melhorar nosso serviço. Esteja certo de que tomaremos as medidas necessárias para garantir que essas situações não se repitam. Também apreciamos os pontos positivos mencionados, como a localização central e os restaurantes próximos. Esperamos ter a oportunidade de recebê-lo novamente no futuro e oferecer uma experiência aprimorada. Muito obrigada.
Leia mais
Esta resposta é a opinião subjetiva de um representante da gerência e não da Tripadvisor LLC.
avatar-image
Carol M escreveu uma avaliação set. de 2023
1 contribuição
Hotel não é ruim, mas não voltaria Quartos são ok, café da manhã é bom, sistema de ar condicionado é ruim e o que mais pesou o meu descontentamento foi o sistema de elevadores que é péssimo Muita demora, apenas dois elevadores para um prédio com muitos hóspedes Se acaso pensar em se hospedar e tenha compromissos com horários (reunião, vôo, passeios) não vá. Pode se atrasar justamente pela demora do elevador. E foi uma insatisfação de todos os hóspedes que encontramos no dia.
Leia mais
Data da estadia: setembro de 2023
Custo-benefício
Localização
Atendimento
Tipo de viagem: Viajou com a família
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.
Útil
Compartilhar
avatar-image
Nailton M escreveu uma avaliação set. de 2023
1 contribuição
Os quartos são ok. Nada extraordinário. A localização é ótima pra se estar, é perto de tudo é da pra ir a pé em vários pontos turístico e tem metrô do lado São Bento estação. O pesar foi o ar condicionado que pareceu não funcionar durante a estadia, assim como o telefone do quarto. A água do chuveiro demora muito a aquecer também. Fora isso. Excelente atendimento prestado dos funcionários
Leia mais
Data da estadia: setembro de 2023
Custo-benefício
Localização
Atendimento
Tipo de viagem: Viajou sem companhia
Dica de quarto: A noite é bem deserto o ambiente ao redor. Tente aproveitar o máximo o dia pra valer a pena a...
Veja mais dicas sobre quartos
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.
Útil
Compartilhar
avatar-image
Maria Luiza A escreveu uma avaliação jun. de 2023
1 contribuição
o Hotel é antigo, mas tudo funciona perfeitamente. Localizado bem no centro de São Paulo. Não tem luxo mas é um ótimo custo benefício que era o que eu estava buscando, quartos limpos com tudo funcionando.
Leia mais
Data da estadia: junho de 2023
Custo-benefício
Localização
Atendimento
Tipo de viagem: Viajou com amigos
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.
Útil
Compartilhar
Voltar
123456
Não era bem isso que você estava procurando?
Há outras opções que você pode escolher nesta área: São Paulo.
FAIXA DE PREÇO
R$  173 - R$  294 (Com base nas tarifas médias de quartos standard)
LOCALIZAÇÃO
BrasilEstado de São PauloSão Paulo
NÚMERO DE QUARTOS
43
Os preços são uma média das diárias fornecidas pelos nossos parceiros e podem não incluir todos os impostos e taxas. As taxas e impostos exibidos são apenas uma estimativa. Para saber mais, consulte nossos parceiros.
Este é o seu perfil no Tripadvisor?

Você é o proprietário ou o gerente deste estabelecimento? Solicite o seu perfil gratuito para responder a avaliações, atualizar o seu perfil e muito mais.

Solicitar perfil

NACIONAL INN SÃO PAULO HOTEL: 86 fotos, comparação de preços e 92 avaliações - Tripadvisor

Perguntas frequentes sobre Nacional Inn São Paulo Hotel
Quais são as atrações conhecidas perto de Nacional Inn São Paulo Hotel?
As atrações próximas incluem Mosteiro De São Bento (a 0,5 km), Galeria do Rock (a 0,4 km) e Viaduto Santa Efigénia (a 0,4 km).
Quais são algumas das comodidades oferecidas por Nacional Inn São Paulo Hotel?
Wi-fi gratuito, café da manhã e bufê de café da manhã são algumas das comodidades preferidas.
Que opções de comidas e bebidas estão disponíveis em Nacional Inn São Paulo Hotel?
Os hóspedes podem usufruir de café da manhã durante a estadia.
Quais são os restaurantes perto de Nacional Inn São Paulo Hotel?
Restaurantes com ótima localização incluem Rinconcito Peruano, Lótus Restaurante Vegetariano e Ponto Chic.
A equipe de Nacional Inn São Paulo Hotel fala que idiomas?
A equipe fala vários idiomas, incluindo Inglês, Espanhol e Português.
Há locais históricos perto de Nacional Inn São Paulo Hotel?
Muitos viajantes gostam de visitar Centro Cultural Banco do Brasil (a 0,8 km), Mosteiro De São Bento (a 0,5 km) e Igreja Chagas do Seráfico Pai Francisco (a 1,0 km).