Dicas de marketing para restaurantes

Reunimos nossas melhores dicas de gestão da reputação, marketing para restaurantes e como aproveitar o Tripadvisor ao máximo.

Dicas

Guia definitivo para responder a avaliações sobre restaurantes

Guia definitivo para responder a avaliações sobre restaurantesNão importa se você tem apenas uma ou já recebeu centenas, as avaliações têm um papel importante para seu estabelecimento e influenciam sua posição no ranking no Tripadvisor. Baixe este e-book gratuito com tudo o que você precisa saber para responder a avaliações no Tripadvisor.

Saiba o que fazer e o que evitar ao responder a avaliações sobre restaurantes

Você sabia que, quando as pessoas vão decidir onde comer, as avaliações têm um papel muito importante? E que as respostas do administrador podem mudar a percepção de alguém sobre um restaurante? Entrevistamos inúmeros proprietários e reunimos algumas de nossas boas práticas favoritas, além de exemplos reais de respostas a avaliações positivas, negativas e muito mais.

Responder às avaliações de maneira eficaz é essencial para gerar confiança, criar vínculos com os clientes e ganhar a fidelidade deles. Também é uma ótima ferramenta para demonstrar sua hospitalidade.

Neste e-book completo, você verá:

  • Como responder a avaliações de maneira eficiente
  • Como criar respostas do administrador que mostram que você se importa com as opiniões dos clientes
  • Como conquistar uma ótima reputação online
Leia a biografia.Última atualização: 6 de março de 2020

Why Every Restaurant Should Manage Their Menu Online

Why Every Restaurant Should Manage Their Menu Online

Why Every Restaurant Should Manage Their Menu OnlineWhen a hungry customer is searching for a restaurant online, they’re looking for what they crave: “pizza,” “salad,” “Thai food” or whatever it is will satisfy their hunger.With their wallet in hand, they’re ready to...

Quatro dicas para garantir mesas cheias o ano todo

Quatro dicas para garantir mesas cheias o ano todo Em um setor sazonal, garantir mesas cheias no restaurante o ano todo é um desafio. Reunimos algumas estratégias de marketing consagradas para você não sentir os efeitos da baixa temporada.

O mundo dos restaurantes é sazonal. Em algumas épocas do ano, é possível atrair muitos clientes; em outras, esse não é bem o caso. E não importa se seu estabelecimento está em um destino litorâneo ou em cidade carnavalesca.

Para garantir mesas cheias o ano todo, você precisa divulgar o restaurante em todas as estações.

Isso significa incorporar o marketing às altas e baixas temporadas.Muitas vezes, o marketing é deixado de lado como uma prioridade menor. No entanto, negligenciar a promoção dificulta atrair novos clientes mais tarde. Imagine que sua dedicação ao marketing sejam como o esforço de um ciclista subindo uma montanha. É preciso pedalar sempre, uma perna depois da outra, para chegar ao topo. Se quiser, você pode aumentar ou reduzir a velocidade. No entanto, se parar totalmente, o esforço para recomeçar será muito maior.

Trabalhar no marketing o ano todo ajuda você a sair na frente da concorrência. Além disso, garante que as pessoas que não conhecem tanto sua região considerem o restaurante na próxima visita. Ao criar um plano de divulgação consistente para o ano, você faz com que elas sempre se lembrem do seu restaurante.

Veja algumas estratégias de marketing poderosas que você pode usar quando quiser:

Anuncie o restaurante

O melhor jeito de aumentar a procura pelo seu restaurante em qualquer momento é anunciá-lo sempre. Principalmente se ele estiver em uma região mais sazonal, como um destino de praia ou carnaval, é importante informar às pessoas que seu restaurante fica aberto na baixa temporada e destacá-lo nas épocas de alta.

A

propaganda online é um excelente canal. Com ela, é possível ajustar o marketing facilmente, assim como você aumenta ou diminui a marcha da bicicleta.Nesse caso, ajustar significa testar diferentes públicos e canais publicitários para ver o que funciona melhor para você.

Crie parcerias na sua comunidade

O sucesso do restaurante depende muito da localização dele e da comunidade atendida. Outra maneira de garantir mesas cheias no restaurante o ano todo é trabalhar em parcerias com sua comunidade, principalmente estabelecimentos próximos.

Você pode:

  • Colocar folhetos nas lavanderias ou em outras lojas locais
  • Pedir que concierges de hotéis ou complexos residenciais/apartamentos recomendem seu restaurante
  • Entrar em contato com gerentes de escritórios para ver se há oportunidades de entrega ou realização de bufê
  • Trabalhar com universidades ou faculdades para oferecer estágios e descontos para estudantes
  • Anunciar o restaurante como parceiro de organizações sem fins lucrativos como forma de divulgação
  • Participar de festivais gastronômicos ou campanhas patrocinadas pelo governo
  • Oferecer seu espaço como área de co-working durante o dia

Organize evento ou abra um “pop-up”

Outro jeito de gerar negócios é realizar eventos ou abrir um “pop-up” de degustação em outro local. Essa é uma ótima chance de soltar a criatividade de acordo com seu tipo de cliente. Se o restaurante é para famílias, teste um prato inspirado em um personagem infantil ou faça um evento de arte e artesanato. Se ele é mais para encontros ou vida noturna, pense em uma degustação de vinhos ou um menu com preços fixos para casais.

Outras opções incluem:

  • Eventos temáticos em feriados específicos, como o Dia das Mães e o Ano Novo
  • Aulas de culinária para que os clientes conheçam a cozinha
  • Degustações de vinho ou cerveja
  • Refeições diferentes do cardápio comum, como um brunch especial
  • Filmes, música ao vivo e espetáculos teatrais
  • Jogos, como quiz ou torneios de pôquer

Se os eventos derem certo, realize outros mais frequentes, como almoços corporativos, festas de aniversário ou de casamento. Isso gera mais receita para seu estabelecimento.

...

Como este café treina seus funcionários para garantir uma equipe excelente

Como este café treina seus funcionários para garantir uma equipe excelenteInvestir no treinamento e capacitação dos seus funcionários pode ajudar sua empresa de mais de uma maneira. Veja como o Starfish Cafe no Mississippi treina seus funcionários para garantir uma equipe excelente.

Treinar funcionários e criar uma cultura que os capacite a dar o melhor de si não é bom apenas para o seu restaurante. É bom para os seus resultados. A rotatividade de pessoal média dos restaurantes nos EUA foi de até 75% em 2018. Com isso, você perde dinheiro. De acordo com uma pesquisa recente da Escola de administração de hotéis da Universidade Cornell, perder e substituir um funcionário horista pode custar US$ 5.864. Com uma taxa de rotatividade de 75%, isso significa perder até US$ 428.072 por ano!

Boas-vindas ao Starfish Cafe, no Mississippi

Ao viajar para o Mississippi, é bem provável que você visite o Starfish Cafe, um local excelente e bastante conhecido no sul dos Estados Unidos. Com onze mesas, o que faz esse café ser incrível não é apenas a comida excelente. O local tem um programa de treinamento que oferece a pessoas em situações complicadas lições de vida e culinária, para que tenham um futuro brilhante no setor de hospitalidade.

Diana Fillhart, a proprietária, entrou no ramo de restaurantes aos quatorze anos e nunca mais saiu. Com a abertura do Starfish Cafe, passar aos alunos o conhecimento adquirido nesses anos se tornou a maneira dela de viver sua paixão.

O método do Starfish

Uma das coisas mais importantes, afirma ela, é desenvolver uma noção geral sobre todas as operações do restaurante. Diana explica: “Fazemos treinamentos cruzados para que todos conheçam e respeitem as áreas comuns e de acesso restrito.” Isso ensina à equipe como o restaurante funciona em conjunto, independentemente da tarefa de cada um em determinado dia.

Depois, Diana aproveita as avaliações para reforçar as habilidades de observação, hospitalidade e proatividade. Ela compartilha: “Analisar problemas do ponto de vista do cliente e pensar em como responder aos comentários deixados oferece uma oportunidade de treinamento para a nossa equipe. Isso nos ajuda a mostrar que ficar de olho em tudo vai sempre nos livrar de apuros, além de outras boas práticas sobre atenção constante e agilidade.”

As avaliações são uma ótima maneira de receber o feedback dos clientes, que pode ser usado para treinar e motivar a equipe. Há muitas maneiras de incentivar os clientes a deixar avaliações, mas uma das mais eficazes é instruir a equipe a solicitar feedback após a refeição. Ensinar o pessoal a fazer isso também é uma ótima maneira de incentivar a interação e conexão com os clientes.

Para Diana, o segredo do programa é a experiência prática. “Nossa abordagem é: Observe. Faça. Ensine”, explica ela. “Depois que os funcionários observam como você quer que algo seja feito e começam a fazer igual, o próximo passo é dar a eles a oportunidade de ensinar. Quando você consegue ensinar, você já domina aquilo, é seu.”

Para treinar seus funcionários e garantir uma equipe excelente, Diana recomenda: “Sempre aja com proatividade, pois tudo que os clientes querem é receber atenção e se sentir importantes.” Aos proprietários, ela recomenda criar procedimentos para garantir o sucesso da equipe: “Quando você sabe que todos podem ser bem-sucedidos, você também pode ser bem-sucedido.”

Última atualização: 16 de agosto de 2019

Como criar uma estratégia de marketing para restaurantes

Como criar uma estratégia de marketing para restaurantes Confira nossas dicas de como criar uma estratégia de marketing para restaurantes em um piscar de olhos.

Por que você precisa de uma estratégia de marketing

Em uma pesquisa, 71% dos donos de restaurantes disseram querer divulgar melhor seus estabelecimentos. Além disso, mais de metade dos participantes informou gastar menos de 10% do tempo com marketing.

Tempo gasto com marketing por país

A boa notícia? Dá para promover seu estabelecimento de diversas maneiras sem gastar muito tempo. Ninguém abre um restaurante porque adora a parte de marketing. No entanto, com uma estratégia definida, você pode concentrar seus esforços nos pontos mais propícios a atrair clientes, consolidar a marca e promover o restaurante sem ocupar o tempo usado para as outras tarefas de gerenciamento.

1º passo: conheça seus clientes

Para ter uma boa estratégia de marketing, é essencial conhecer seus clientes.Você já deve ter noção de sua clientela devido ao conceito único do seu estabelecimento.Verifique alguns pontos importantes:

  • Analise os registros de reservas para descobrir o tamanho médio dos grupos. Assim, você saberá se a maioria dos seus clientes vem em grupos grandes, sozinhos ou para uma refeição a dois.
  • Converse com o chef e com os garçons para saber quais são os pratos e bebidas mais pedidos, bem como as tendências. Seus clientes gostam de receitas inovadoras ou preferem os pratos clássicos?
  • Depois, observe as pessoas à moda antiga. Como são os seus clientes? Como eles se vestem, se comportam e falam?Se você não tiver uma clientela fixa, caminhe por entre as mesas e sinta o clima do ambiente. Converse com as pessoas no bar. Saber quem são seus clientes ajudará você a entender como atrair mais pessoas e o que pode agradá-las.

...

Transforme suas avaliações excelentes em uma ótima estratégia de divulgação do restaurante

Transforme suas avaliações excelentes em uma ótima estratégia de divulgação do restaurante Transforme suas avaliações em uma ótima estratégia de divulgação do estabelecimento com estas ideias criativas de restaurantes ao redor do mundo.

Aproveite ainda mais suas avaliações

Todo o trabalho árduo e a comida excelente resultaram em ótimas avaliações. Agora, aproveite esses elogios no material de marketing do seu restaurante.

As avaliações do Tripadvisor dão credibilidade às suas campanhas. É um conceito que psicólogos chamam de prova social. Basicamente, as pessoas procuram saber o que os outros fazem antes de tomar uma decisão.

As avaliações positivas do Tripadvisor demonstram a eficácia da prova social, já que elas atraem clientes para seu restaurante. No entanto, o impacto dessas avaliações não precisa se limitar a quem acessa o Tripadvisor. Reunimos algumas maneiras criativas de incluir suas avaliações nas estratégias de marketing online e offline para convencer as pessoas de que seu restaurante é a escolha ideal.

Ideias de marketing no restaurante

Use o conceito do restaurante em seu favor. Como o espaço é seu, você pode usar a criatividade para representar sua empresa da melhor maneira. Aproveite os letreiros, sinalizações, calçada, porta e janelas para atrair pedestres. Além disso, você pode solicitar materiais com a marca do Tripadvisor aqui. É fácil e gratuito.

Coloque avaliações no restaurante

Para chamar a atenção, reúna algumas avaliações em um folheto e coloque na entrada, ao lado do cardápio, e deixe os comentários falarem por si só. Você também pode escolher alguns trechos de avaliações e fazer um mural no pátio ou na área de espera, como fez este pub londrino.

Brinque com as avaliações

Recebeu uma avaliação negativa? Use o senso de humor para conquistar algumas risadas. Essa abordagem pode até se tornar viral, como este café irlandês que anunciou a “pior salada que uma moça do Tripadvisor experimentou na vida”.

Incentive a interação online com uma sinalização criativa

...

Siga este passo para começar a promover a marca do seu restaurante

Siga este passo para começar a promover a marca do seu restaurante O que é marca? É a sensação que sua empresa evoca. Siga esta etapa para descobrir o que você já faz e como articular isso para divulgar sua marca com coerência.

Comece com o motivo

Para promover seu restaurante, é necessário chegar a um porquê. Com tantas opções à disposição, por que o seu estabelecimento vale a visita? Esse é o primeiro passo para definir a sua marca.

A marca engloba toda a experiência do seu restaurante. Ela inclui não só a culinária, mas também a hospitalidade, o atendimento, eventos especiais, a decoração e todo o resto. Sua marca mostrará o que você já faz e o que torna o seu restaurante especial.

Para colocar o motivo em palavras, pense na jornada típica do cliente e em como as pessoas chegam ao seu restaurante.

A jornada típica do cliente

Como as pessoas tomam decisões

A escolha de um determinado restaurante depende do motivo para comer fora, incluindo se a pessoa vai sozinha, com um grupo de amigos ou parentes. Essa mesma pessoa pode sair para beber uma cerveja com os amigos em um barzinho na sexta-feira e escolher um restaurante italiano sofisticado para um jantar a dois no domingo. As pessoas buscam coisas diferentes de acordo com circunstâncias específicas. Comer sozinho durante uma viagem de negócios é muito diferente de sair com a família para comemorar o aniversário. Sendo assim, faz sentido que as decisões sejam tomadas de formas distintas, de acordo com vários cenários.

Cada vez mais, comer fora é um evento espontâneo. Muitas vezes, a pessoa decide isso no dia ou quando já está fora de casa. Principalmente quando se trata de viagens, é comum planejar o voo, hotel e atividades, mas deixar para escolher restaurantes de forma mais espontânea.

Comer só x comer em grupo

Vamos analisar essas duas atividades para descobrir como os clientes tomam decisões.

Os 3 principais fatores decisivos em uma viagem

Desacompanhados | Grupos

Minha opinião | Sites de avaliação como o Tripadvisor | Amigos

Quando vão comer sozinhas, o local é decidido sem muita influência dos amigos ou outras pessoas. Na verdade 56% das pessoas que comem sozinhas nos Estados Unidos dizem que são influenciadas por sites como o Tripadvisor.

Quando várias pessoas se reúnem, é claro que a dinâmica do grupo influencia a decisão. Nos Estados Unidos, 77% dos entrevistados que saíram para comer em grupo informaram que os amigos tiveram a maior influência na decisão, incluindo a etapa de chegar a um consenso além da pesquisa online.

Quem vai ao seu restaurante?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como pessoas diferentes escolhem onde comer, é hora de pensar na clientela do seu restaurante.Comece a identificar o perfil do cliente típico que vai ao seu restaurante. Pode haver mais de um, mas tente limitar a seleção a quatro ou cinco tipos de pessoas no máximo.

Procure ter uma ideia geral dos dados demográficos dos visitantes, como faixa etária, gênero, se são pais ou não, profissões comuns e assim por diante. Depois, volte ao motivo. Por que eles visitam seu restaurante e o que chama a atenção deles?

Pergunte-se:

  • que tipo de pessoa vai ao seu restaurante?
  • É um ponto de encontro de universitários ou um local que recebe muitas famílias?
  • As pessoas fazem mais reservas para comer sozinhas ou é um lugar com muitas mesas para grupos de cinco, seis ou sete pessoas?
  • O restaurante é ideal para ocasiões especiais planejadas ou é o tipo de lugar que atrai quem está passando por perto?

...

Da fazenda para a mesa: participe do movimento com estas dicas

Da fazenda para a mesa: participe do movimento com estas dicas As pessoas estão buscando estabelecimentos que apoiam agricultores locais. Veja como seu restaurante pode participar do movimento “Farm to Table”, ou seja, da fazenda para a mesa.

O que significa “da fazenda para a mesa”?

O movimento “da fazenda para a mesa” descreve uma tendência gastronômica baseada em ingredientes locais, sustentáveis e da estação. A expressão tem como objetivo trazer à mente cenas idílicas de fazendeiros bronzeados colhendo frutas suculentas direto da árvore para usá-las à noite em uma sobremesa. Embora essa imagem agrade a muitas pessoas, não é exatamente o que o movimento representa na prática. O que isso significa para o seu restaurante

Para fazer parte do movimento "da fazenda para a mesa", é necessário obter produtos de fornecedores locais e adaptar o cardápio para aproveitar ingredientes frescos e da estação. Mesmo que seu restaurante não se enquadre nesse modelo, você pode optar pela produção local devido aos benefícios para o meio ambiente e para sua culinária.

Por que o restaurante se beneficia do movimento

Obter produtos locais e de maneira sustentável reduz o impacto ambiental e ajuda os agricultores da sua região, dando a eles um mercado para atuar. Além disso, há vantagens ótimas para as finanças.

Conforme o conceito se torna mais conhecido, muitos clientes acreditam que o modelo “da fazenda para a mesa” oferece alimentos mais frescos, mais nutritivos e com mais qualidade. Esse modelo sempre foi usado em restaurantes mais sofisticados, tornando-se conhecido com o Chez Panisse em 1971, pelo menos nos Estados Unidos. Até mesmo restaurantes do tipo “fast-casual”, como Chipotle e Sweetgreen, consolidaram modelos de negócios extremamente bem-sucedidos com base no movimento “da fazenda para a mesa”, cobrando um valor mais alto por ingredientes frescos e exibindo os nomes dos fornecedores nos painéis acima do cardápio.

Investir no modelo “da fazenda para a mesa” e divulgar isso ajudará você a atrair mais clientes, especialmente pessoas mais jovens e mais interessadas em questões ambientais e no movimento em si.

A melhor parte? Quanto menos tempo levar para os alimentos chegarem ao restaurante, mais saborosos eles serão. Usar ingredientes que têm uma qualidade melhor só fará sua comida ser mais gostosa. E a propaganda boca-a-boca virá naturalmente.

Como adotar o modelo “da fazenda para a mesa”

Defina o conceito de local e promova isso

Antes de pensar no cardápio, faça uma pesquisa sobre a sua região. Você provavelmente já sabe quais são os melhores pratos ou ingredientes locais, como o dendê da Bahia, o pequi de Goiás ou o tucupi do Pará.Depois, destaque os ingredientes locais como estrelas do cardápio.

Faça experimentos com iguarias locais nos seus pratos clássicos. Se seu estabelecimento no Brasil for especializado em gastronomia estrangeira, você pode se surpreender: trocar ingredientes importados por produtos locais pode levar sua culinária a outro nível, sem mencionar a redução dos custos.

...

Por que cada fase da experiência de comer fora é social

Por que cada fase da experiência de comer fora é social As redes sociais estão sempre repletas de belas refeições e fachadas de restaurantes. Estamos investigando por que cada fase da experiência de comer fora é social, seja online ou offline.

Como descobrir novos restaurantes

Para decidir onde comer, as pessoas usam vários recursos, muitas vezes durante uma mesma pesquisa. Isso inclui amigos, sites como o Tripadvisor e redes sociais voltadas para a gastronomia. O que tudo isso tem em comum?

Como as pessoas têm um limite de tempo e dinheiro para gastar em determinada experiência, elas querem fazer valer a pena. Para isso, muitas vezes consultam várias fontes para fazer pesquisas e confirmar suas escolhas. Mais do que nunca, os clientes confiam nos sites de avaliações e nas redes sociais para ver recomendações de onde comer perto de casa ou durante viagens.

A maioria dos consumidores entrevistados disse que toma decisões com base em avaliações online. Em alguns mercados, até 72% das pessoas ressaltaram a influência das fotos do restaurante.Isso vale tanto para moradores da região quanto para viajantes: cerca de 78% dos entrevistados na Espanha, EUA, França, Itália e Reino Unido usaram o Tripadvisor para pesquisar restaurantes locais, e 85% deles usaram o Tripadvisor durante viagens.

Comer fora propicia a socialização

Um dos principais motivos pelos quais as pessoas saem para comer é socializar. Pense no que é importante para seus clientes. Se não souber, observe o comportamento deles ou pergunte diretamente!

Seu cliente típico precisa de um ambiente tranquilo e reservado, ou ele busca um lugar animado para interagir com amigos? Ao planejar sua experiência, pense em como o espaço pode conectar ou separar as pessoas. O ambiente, a tecnologia e o nível de ruído podem impactar como as pessoas desfrutam da companhia de outras durante as refeições.

“Quero visitar alguns lugares porque quero publicar um prato específico no Instagram.”...

How Diners Choose Where To Eat

How Diners Choose Where To Eat

How Diners Choose Where To Eat We’ve put together everything you’ve ever wanted to know about how diners choose where to go out to eat in this free downloadable eBook.With 51% of consumers dining out at least once a week, demand for restaurants is at an all-time high....

Como melhorar a sua posição no ranking de restaurantes do Tripadvisor

Como melhorar a sua posição no ranking de restaurantes do Tripadvisor Gerard Murphy, gerente de produtos para restaurantes do Tripadvisor, mostra em detalhes sobre como os rankings de restaurantes funcionam, além de dicas para melhorar sua posição,neste breve vídeo.Assista ao vídeo abaixo ou leia a transcrição a seguir.

No Tripadvisor, ajudamos milhões de pessoas a pesquisar restaurantes como o seu. Nosso objetivo é recomendar ótimos restaurantes e conectar proprietários a clientes.

Um dos ingredientes secretos que fazem do Tripadvisor uma ferramenta excelente é a maneira como classificamos os restaurantes.Nosso ranking é baseado em três qualidades das avaliações: pontuação, recenticidade e relevância. Vamos detalhar como essas três qualidades funcionam.

Pontuação

A pontuação está relacionada ao número de avaliações que você tem no Tripadvisor. Queremos mostrar aos clientes os restaurantes com mais avaliações de quatro e cinco círculos. Quando todos os outros fatores são iguais, um restaurante com mais pontuações de cinco círculos ocupa uma posição mais alta no ranking do que outros restaurantes com pontuações menores.

Recenticidade

A recenticidade refere-se ao número de avaliações novas do seu restaurante. Embora as avaliações mais antigas ainda contem para a sua classificação, as mais recentes refletem melhor a experiência atual do seu restaurante. Isso é ótimo para os restaurantes porque não importa qual seja sua atual posição no ranking, você sempre terá a oportunidade de melhorar com as avaliações mais recentes. Quando todos os outros fatores são iguais, um restaurante com avaliações mais recentes ocupa uma posição mais alta no ranking do que outros restaurantes com avaliações mais antigas.

Relevância

Quando alguém procura um lugar para comer, essa pessoa não está procurando apenas por restaurantes em geral de uma cidade. Ela quer jantar, está com vontade de comer uma pizza ou procura por uma gastronomia típica específica. É por esse motivo que os restaurantes são classificados em mais de um ranking. Você é classificado em muitos rankings com vários tipos de critérios, desde o tipo de refeição ao tipo de cozinha e muitos outros.

Por exemplo, veja o Brick Alley Pub em Newport, Rhode Island. Esse estabelecimento ocupa a 11ª posição geral em Newport, mas está classificado em 5º como estabelecimento para almoçar, 2º para hambúrgueres e 6º em comida americana. Por que ele ocupa uma posição mais alta nesses tipos de cozinhas e refeições do que no ranking geral? Porque há uma porcentagem maior de avaliações com quatro ou cinco círculos que mencionam almoço, hambúrgueres ou comida americana.

Quando pensar sobre a sua posição no ranking, pense nos tipos de pratos e cozinhas que são a especialidade do seu restaurante e veja a sua classificação no Tripadvisor para essas categorias. Esse é um indicador muito melhor da probabilidade de alguém encontrar o seu restaurante do que a sua posição no ranking geral.

...

5 Restaurant Trends You Should Know for 2020

5 Restaurant Trends You Should Know for 2020

5 Restaurant Trends You Should Know for 2018 We asked restaurant owners like you what they're focusing on in 2020 and beyond to bring you these top trends.The restaurant world is constantly changing. Americans now eat out four to five times a week, on average. And...

5 Ways to Embrace “New” Hospitality

5 Ways to Embrace “New” Hospitality

5 Ways to Build Your Restaurant BrandBuilding your brand means extending your hospitality online. Here's our take on how hospitality is changing — and how it impacts your restaurant.Hospitality (n.): the friendly and generous reception and entertainment of guests,...

Descubra as dicas para promoção de marca das melhores sorveterias americanas

Descubra as dicas para promoção de marca das melhores sorveterias americanas Confira as cinco dicas que aprendemos com as melhores sorveterias americanas e saiba como diferenciar o seu estabelecimento.

Nada é tão saboroso quanto um bom sorvete de casquinha. Mas o que podemos dizer sobre os estabelecimentos que oferecem essas delícias? No Tripadvisor, você encontra as melhores sorveterias da sua região.

E qual é o segredo do sucesso dessas sorveterias? Depois de verificar as avaliações das melhores sorveterias dos Estados Unidos, chegamos a algumas conclusões.

Use ingredientes locais, sempre que possível, e não guarde segredo

As maiores estrelas da Woodside Farm Creamery, em Hockessin, Delaware, são as vaquinhas que pastam ao lado da sorveteria.Além de fornecer o leite para o sorvete, elas são a prova incontestável de que a Woodside usa ingredientes locais.

Os clientes adoram. “Nada poderia ser melhor ou mais fresco! Sentamos perto das vacas que produziram o leite usado na fabricação do sorvete”, escreveu um visitante.

Mas você não precisa ter um pasto ao lado do seu estabelecimento para provar que usa ingredientes frescos. Em vez disso, destaque em seu menu que você trabalha com fazendas locais. Se combinar com sua decoração, pendure  fotos dessas fazendas nas paredes. Essas imagens também podem ser usadas nas redes sociais.

Até mesmo o cultivo de alguns temperos em vasos espalhados pelo estabelecimento pode indicar que você usa ingredientes frescos e locais sempre que possível.

Se o seu estabelecimento tiver uma longa tradição, conte isso para todo mundo

A história da Dietsch Brothers Inc.começou em 1937, e todos em Findlay, Ohio, sabem disso.

“A família Dietsch é conhecida há gerações, e a qualidade não mudou”, escreveu um colaborador do Tripadvisor.

Até visitantes de fora da cidade, que não conheciam a história da sorveteria, falaram muito bem sobre a tradição no uso de ingredientes caseiros e de qualidade.

Como eles ficaram sabendo disso? Tudo no estabelecimento dos irmãos Dietsch transmite um tradicional apelo familiar de cidade do interior. A história da sorveteria é apresentada com destaque no site do estabelecimento. O interior do local é decorado à moda antiga e exibe o letreiro original da sorveteria. Você provavelmente também encontrará um dos irmãos Dietsch limpando as mesas ou servindo um sorbet.

A própria história é o que uma empresa tem de mais importante. Qual é a sua história?

Precisa de inspiração para contar sua história? Fale da sua região

Gettysburg, na Pensilvânia, abriga um dos campos de batalha mais importantes da história dos EUA e uma das melhores sorveterias do país, a Sunset Ice Cream Parlor.

A história da Batalha de Gettysburg na Guerra Civil Americana de 1863 é contada nos sabores dos sorvetes com nomes que homenageiam os dois lados: “Rebel Yell” para o sul e “Yankee Hurrah” para o norte. A sorveteria é decorada com bandeiras dos EUA. Segundo as avaliações, a pitoresca fachada e os simpáticos funcionários dão ainda mais charme ao local, já que reforçam a ideia de cidade do interior à moda antiga.

Se você estiver em busca de ideias para contar a história do seu estabelecimento, inspire-se na história da sua cidade. Há algum lugar muito conhecido perto de você? Que tal batizar um prato com esse nome? Já pensou em exibir fotos das celebridades da sua cidade no menu?

Quando a história da sua cidade e do seu estabelecimento se tornam uma só, fica mais fácil para os clientes lembrarem do seu estabelecimento primeiro.

Mantenha os seus clientes informados

A sorveteria

Martha's Dandee Creme, localizada a 15 minutos de Glens Falls, Nova York, serve sorvetes de casquinhas de pistache e framboesa.Como o menu muda diariamente, várias avaliações mencionaram que os clientes consultam o site da sorveteria para verificar quais sabores estão disponíveis antes de sair da cidade.

A lição aqui é: os clientes gostam de informações. Antes de gastarem tempo e dinheiro, eles querem saber o que podem esperar.

Publique seu cardápio online. É fácil. Você pode fazer isso diretamente no seu perfil do Tripadvisor. Saiba mais sobre como publicar seu cardápio.

...

Como criar um cardápio com opções para alérgicos

Como criar um cardápio com opções para alérgicos Hoje em dia, os clientes esperam que os restaurantes ofereçam opções para quem tem restrições alimentares, como itens sem glúten, lactose, amendoim ou outros ingredientes. Saiba como adaptar seu cardápio para que todo mundo possa aproveitar uma refeição no seu restaurante.

No ano passado, 63% dos americanos afirmaram tentar seguir uma alimentação mais saudável. Alimentos sustentáveis, saudáveis e sem alérgenos estão sendo bastante procurados, e as pessoas esperam encontrar essas opções nos cardápios.

Há diversos itens que você pode e deve oferecer a esse público específico. Incluir opções seguras e saudáveis no seu cardápio atrairá mais clientes e será um diferencial, já que o cardápio da sua empresa será um destaque diante da grande oferta de frituras.

Atenda à demanda por opções sem glúten

Aumentam os casos de doença celíaca, um transtorno autoimune que provoca uma reação extrema ao glúten. Em grande parte do mundo, a ocorrência da doença celíaca na população adulta saudável varia entre 1 em 100 pessoas e 1 em 300. Nos EUA, cerca de 3,5% da população apresenta essa condição. Para as pessoas diagnosticadas com essa doença, comer fora de casa é um grande desafio. O glúten está presente em alimentos que contêm farinha ou grãos de trigo, centeio e cevada, bem como aveia. Os celíacos utilizam fontes alternativas de amido, como o milho, a batata e o arroz, em sua alimentação. Também podem ingerir carnes, peixes, ovos, laticínios, legumes e verduras. É preciso ter cuidado com alimentos preparados com farelo ou miolo de pão, massas e alguns molhos.

De acordo com o site de entregas de refeições GrubHub, houve no ano passado um aumento de cerca de 60% nos pedidos feitos em restaurantes que oferecem alimentos sem glúten nos Estados Unidos. Pizzas, sanduíches e hambúrgueres com ingredientes alternativos estão dentre os cinco itens mais pedidos.Por coincidência, essas também são as opções mais pedidas pelas crianças.

É fácil encontrar receitas sem glúten na internet. Muitas fontes confiáveis, como a Celiac Disease Foundation nos Estados Unidos e a organização Coeliac UK no Reino Unido, têm páginas dedicadas a cardápios para crianças, com alimentos como panquecas, macarrão com queijo, almôndegas e uma variedade de sobremesas.

Opções para quem tem alergia a amendoim

Mais de 50 milhões de americanos sofrem de alergias, e cerca de 1 em 13 crianças tem pelo menos um tipo de alergia. A alergia alimentar ocorre quando o sistema imunológico identifica como ameaça e ataca uma proteína inofensiva: um alérgeno. Amendoins e outros frutos secos, como amêndoas, castanhas e nozes, estão no topo da lista dos alérgenos mais comuns. Os sintomas da alergia ao amendoim podem variar de uma pequena irritação à anafilaxia com risco de morte.

Para essa alergia, o mais importante é saber o que não está incluído no cardápio. Alimentos seguros são aqueles que não contêm qualquer resquício de amendoim nem óleo de amendoim nos ingredientes, tanto na área de preparação quanto nos utensílios usados para servir os alimentos. Procure receitas em sites como peanutallergy.com, allergykids.com e allergychefsinc.com (disponíveis em inglês). Você encontrará receitas de muçarela empanada, pizza vegetariana, biscoitos e muitas mais. A pasta de amendoim pode ser substituída por pasta de semente de girassol ou de soja.

Opções sem lactose

A alergia ao leite e a intolerância à lactose são coisas diferentes, mas nos dois casos os laticínios não devem ser consumidos. O leite é também um forte alérgeno alimentar, causando irritação na pele e brotoejas, tosse, vômito e anafilaxia nos casos mais graves. A intolerância à lactose é uma sensibilidade específica do trato gastrointestinal, que causa distensão, dor e náusea.

Existem muitos substitutos para os laticínios, como iogurte de soja, leite de coco e creme vegetal. Com esses produtos, você pode preparar os pratos preferidos das crianças, como pizza com queijo de soja e sorvete de leite de arroz. Alimentos vegetarianos restritos também não contêm laticínios. Um cachorro quente vegetariano e outras adaptações do gênero são ótimas opções. Sites como godairyfree.org, kidswithfoodallergies.org e theveganmom.com (disponíveis em inglês) contêm inúmeras receitas. 

Substitutos saudáveis para alimentos conhecidos

Mesmo que a maioria dos americanos diga que quer ter uma alimentação mais saudável, muitas pessoas acabam optando por pratos familiares que elas adoram. Uma ótima estratégia é incluir versões adaptadas desses itens. Ofereça waffles multigrãos, hambúrgueres de peru e maçãs ou batatas-doces fritas. Para tornar as vitaminas de frutas mais atraentes, inclua leites de soja, coco, amêndoa ou arroz como alternativa ao leite de vaca ou iogurte. E nem precisa adicionar açúcar!  

Não pare de oferecer frango empanado

Esse prato é uma opção certeira, que muitos pais esperam encontrar no cardápio infantil. Muitas vezes, são a única fonte confiável de proteína na rotina das crianças. Prepare o frango empanado no forno, em vez de fritá-lo. Outra opção é empanar com farinhas diferentes. Desafie a criatividade dos chefs pedindo que eles criem receitas com farinha de amêndoas, farinha integral, fubá, flocos de milho ou um mix de farinhas sem glúten. 

Mostre para todos que você oferece opções sem alérgenos

Não importa se você mudou seu cardápio há pouco tempo ou sempre ofereceu itens sem alérgenos e opções para crianças, faça com que as pessoas encontrem seu restaurante. Depois de solicitar seu perfil, processo rápido e gratuito que pode ser feito aqui, atualize os detalhes do restaurante para mostrar que seu cardápio vai satisfazer tanto os clientes exigentes quanto os alérgicos.

Para fazer alterações:

  1. Entre no Portal do Administrador.
  2. Na parte superior da página, clique em Culinária e serviços, na guia Gerenciar perfil.
  3. Clique em Editar cozinhas se precisar atualizar os tipos oferecidos. Selecione categorias como saudável e vegetariana para complementar tipos de culinária tradicionais, como francesa, italiana ou churrasco. Para isso, marque as caixas de seleção desejadas.
  4. Depois, clique em OK.
  5. Role para baixo e clique em Enviar para fazer as alterações no site.

Publicado por: Leia a biografia....

Cinco dicas para conquistar clientes desacompanhados

Cinco dicas para conquistar clientes desacompanhados Raramente encontramos promoções de refeição para clientes desacompanhados, e há poucos lugares com pratos sofisticados que não sejam sinônimo de “restaurantes românticos”. Ainda assim, esse tipo de cliente merece mais opções do que comida de rua, de cafeteria ou para viagem. Veja quatro dicas para conquistar clientes desacompanhados.

Hoje em dia, as pessoas buscam ótimas experiências gastronômicas, não importa se estão acompanhadas ou sozinhas. Embora as mesas ocupadas por um só cliente não gerem tantos lucros, esta é uma oportunidade de ouro para a hospitalidade. Em seu livro Negócios à Mesa, o restaurateur Danny Meyer afirma: “A intenção dos clientes desacompanhados é simples:presentear-se com um momento contemplativo e de qualidade, e eles escolhem o nosso restaurante. Para mim, é motivo de muito orgulho. E também acredito que esses clientes poderão trazer os amigos da próxima vez.”

Sem ter outras pessoas à mesa, eles provavelmente prestarão muito mais atenção nos funcionários, na comida e no ambiente do restaurante. É mais provável que as pessoas que gostam de comer sozinhas no seu restaurante recomendem o estabelecimento a outras pessoas, virem freguesas ou façam avaliações no Tripadvisor, LaFourchette, Yelp ou Facebook.

Há algumas dicas simples para que os restaurantes se tornem mais acolhedores e atraentes para clientes individuais, sem o risco de perder o lucro gerado com grupos e casais.

Por que clientes desacompanhados podem ter problemas com experiências comuns em restaurantes?

Para alguns viajantes, comer sozinho em público é constrangedor e um prato cheio para as inseguranças sociais. Se por um lado, eles se preocupam por não ter para onde olhar sem parecer mal-educados, por outro, eles acham que são o centro das atenções e julgados por estarem desacompanhados. Para muitas pessoas, comer sozinhas, seja no próprio país ou no exterior, é tão assustador que a fobia tem até um nome específico: “solomangarephobia”.

Saiba como falar com clientes desacompanhados

Perguntar a um cliente que está sozinho se ele deseja lugar para “só uma pessoa” pode soar mal. Não é necessário acrescentar o “só”. Em vez disso, uma alternativa mais simples e inofensiva é dizer “basta me seguir”.

Cada cliente tem suas próprias preferências de conversa. Muitos estão sozinhos porque se sentem bem assim, mas outros aproveitam esse momento para conversar com as pessoas e fazer novos amigos. Você não precisa entreter esse cliente nem conversar demais com ele. Se quiser, ele mesmo tomará essa iniciativa. Fique à vontade para responder se ele puxar assunto, e se você tiver tempo para uma conversa rápida.

Use as redes sociais para atrair os aventureiros solitários

Há dois tipos de clientes desacompanhados: o aventureiro e o comodista.

O aventureiro vai ao seu restaurante porque quer experimentar algo novo. O comodista porque já está familiarizado e, quando precisa comer sozinho, escolhe um ambiente confortável.

Para o aventureiro, a propaganda boca a boca é valiosa. Chame a atenção desse tipo em sites de desconto, que proporcionam uma ótima desculpa para visitar novos restaurantes simplesmente por causa da oferta disponível. Pense em ofertas que sejam adequadas e atraentes para indivíduos, e não apenas para casais. Por exemplo, um drinque de cortesia com o pedido de um prato principal ou entradas com desconto ao fazer check-in no Facebook.

Ofereça entretenimento

À noite, a música ao vivo deixa qualquer restaurante automaticamente mais agradável para uma pessoa desacompanhada.Qualquer pessoa pode assistir sozinha a uma banda ao vivo sem parecer inadequada, e seu cliente não precisará mais se preocupar em ser o centro das atenções apenas por estar sozinho.

Não é só isso: a música ao vivo oferece ao cliente algo natural para focar. Em vez de ficar encarando os outros clientes ou de cabeça baixa durante a refeição, a pessoa experimenta um pouco da cultura da região com a culinária local.

Se a música ao vivo não for possível, crie uma pequena biblioteca, faça um sarau de poesia ou ofereça outro tipo de entretenimento que possa concentrar a energia do ambiente. Usar a criatividade em eventos ou campanhas de marketing é ótimo para clientes desacompanhados, além de atrair negócios até mesmo na baixa temporada.

...

Guia definitivo para promover a conta de um restaurante no Instagram

Guia definitivo para promover a conta de um restaurante no Instagram O Instagram é parte fundamental da estratégia de mídia social de qualquer restaurante. Conversamos com especialistas para saber os detalhes de como estabelecer presença no Instagram para seu restaurante.

Lançado em 2010, o Instagram se tornou uma comunidade de mais de 1 bilhão de usuários mensais. Voltada para fotos, a rede social permite que os usuários compartilhem suas vidas, aventuras e, cada vez mais, refeições com amigos, familiares e desconhecidos do mundo todo.

Para saber por que esse canal social é tão importante para o ramo de restaurantes, conversamos com vários especialistas em Instagram. Confira dicas de conteúdo para publicar, como conseguir seguidores e como incorporar os novos serviços, como os Stories e a análise de negócios do Instagram.

“Se você ainda não usa o Instagram, você está perdendo dinheiro”, afirma Teana McDonald, presidente da empresa de marketing 3E Connections, Inc.

O melhor aperitivo

Conversamos com muitas pessoas. Embora elas tenham opiniões diferentes sobre quais hashtags usar ou quantas publicações devem ser feitas por dia, todas concordam neste ponto: o Instagram mudou a experiência de comer fora.

“Antes, as pessoas iam a um restaurante, olhavam o cardápio, escolhiam um prato e comiam. Era uma experiência muito passiva”, explica Rafi Cohen, cofundador do Orders2me, um serviço de pedidos online e de marketing para restaurantes. “O Instagram incluiu o cliente na experiência.”

O canal de mídia social possibilita que as pessoas se comuniquem com o restaurante, visualizem o cardápio e até mesmo participem do marketing de influência compartilhando fotos da comida e da equipe.

Esse último fator é o que torna o Instagram uma mina de ouro para o setor de turismo e hotelaria, revela Rafi. “O Instagram aproveita o que as pessoas mais gostam de fazer e transforma isso numa excelente ferramenta de marketing para qualquer restaurante."

O que compartilhar: comida, equipe e muito mais

É preciso ter uma estratégia para começar a usar o Instagram. Talvez seu objetivo inicial seja usar o Instagram para encontrar clientes, mas isso pode ter o efeito contrário. De acordo com nossos especialistas, não é recomendável criar um fluxo constante de mensagens promocionais no feed.

“Os proprietários de restaurante precisam entender que lançar uma campanha de marketing no Instagram não significa que as vendas aumentarão de forma imediata”, conta Rafi. “Na verdade, o objetivo é criar uma comunidade.”

Assim como outros canais de mídia social, o Instagram aumenta o reconhecimento da sua marca e motiva os clientes. Eles veem as fotos atraentes que você publica, podem conferir seu perfil no Tripadvisor para ver as opiniões de outras pessoas e, depois de ler todas as avaliações positivas, decidem fazer uma reserva.

O Instagram não é um lugar para vender. É um canal para criar lealdade.

Ganhe a confiança das pessoas ao levá-las para sua cozinha com o vídeo de um teste de receita. Desperte o interesse em um novo item do cardápio com fotos de um prato decorado com perfeição. Apresente sua equipe aos seguidores e destaque os perfis dos funcionários que eles encontrarão no restaurante, como o bartender carismático ou o garçom que consegue equilibrar três bandejas de uma vez só.

...

4 maneiras de usar tecnologia em restaurantes para obter sucesso

4 maneiras de usar tecnologia em restaurantes para obter sucesso

Quatro exemplos de dar água na boca de como o uso da tecnologia pelos clientes está facilitando o envolvimento deles e o aumento das vendas em restaurantes.

Receitas de família passadas de geração a geração. Versões criativas de pratos tradicionais famosos. Ingredientes locais. Não importa o que seu estabelecimento serve, não pense apenas na comida: cada vez mais, as pessoas buscam restaurantes que oferecem recursos tecnológicos modernos.

É claro que o objetivo dessa tecnologia não é apenas trazer melhorias para o restaurante. Ela também deve oferecer vantagens reais para os clientes, como aumentar a praticidade ou solucionar problemas comuns. Confira quatro estratégias adotadas por restaurantes de sucesso:

Pedidos online – Red Tomato Pizza

O Red Tomato Pizza, em Dubai, introduziu recentemente o VIP Fridge Magnet. Para pedir uma pizza, basta pressionar o botão desse imã de geladeira.Com isso, o smartphone do cliente envia uma notificação ao restaurante, que manda uma mensagem confirmando que a pizza será entregue logo. É possível até mesmo escolher os ingredientes e salvar um tipo de pizza para pedir seu sabor favorito facilmente quando quiser.

Aplicativos – Pizza Hut

Com lojas em mais de 60 países, a Pizza Hut encontrou outra maneira de atender os clientes em casa. Em 2013, essa rede internacional de restaurantes criou um aplicativo para o famoso console de videogames Xbox 360. Em apenas quatro meses, o app gerou mais de US$ 1 milhão em vendas. Quando bate aquela fome, os jogadores podem usar os recursos do Xbox 360 para escolher o tamanho, os ingredientes e a borda da pizza. Basta usar o controle, comandos de voz ou até mesmo o Kinect, um sensor de movimentos. A Pizza Hut disse que o aplicativo é “uma fonte de crescimento surpreendente”, o que aponta que a marca deve apostar em outros experimentos tecnológicos.

Sommeliers virtuais – Fleming’s Prime Stakehouse

Com um público grande e refinado, o Fleming’s Prime Steakhouse & Wine Bar usa iPads nas mesas para oferecer aos clientes uma experiência imersiva. O aplicativo WiNEPADTM ajuda os clientes a explorar e conhecer melhor a extensa carta de vinhos do restaurante. Em vez de se intimidarem com tantas opções, os clientes podem pesquisar detalhes sozinhos, escolher o que comer e ver três sugestões de vinhos com sabores que complementam o prato escolhido. Também é possível se aventurar com a opção “Spin the Bottle” para escolher um vinho ao acaso. O aplicativo segue o estilo da marca, com uma paleta de cores e capa com design personalizado.

...

Receba as dicas mais recentes sobre gerenciamento de restaurantes diretamente no seu e-mail

Inscreva-se em nossa lista de e-mails para receber mais dicas
reCAPTCHA

Pin It on Pinterest