O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.
Destaques da avaliação
Viagem no tempo

Acho que tudo que eu for avaliar sobre Khiva pode ser incluído como uma bela viagem no tempo. É... leia mais

Publicada em 14 de maio de 2016
Carmen Lúcia d
,
Rio de Janeiro, RJ
Lugar bonito

Tudo que se vê em Khiva é interessante. É toda uma cidadela, completa, com muralhas, minaretes... leia mais

Publicada em 14 de maio de 2016
Carmen Lúcia d
,
Rio de Janeiro, RJ
Leia todas as 251 avaliações
127
Todas as fotos (127)
Tela cheia
Certificado de Excelência
Veredicto dos viajantes
  • Excelente63%
  • Muito bom29%
  • Razoável7%
  • Ruim1%
  • Horrível0%
Sobre
Duração sugerida: < 1 hora
Contato
Pahlavon mahmud 1 | Ichan Qala Historical Complex, Khiva 220900, Uzbequistão
Site
+998 62 375 49 45
Ligar
Avaliações (251)
Filtrar avaliações
14 resultados
Pontuação dos viajantes
10
4
0
0
0
Tipo de viajante
Época do ano
IdiomaPortuguês
Mais idiomas
10
4
0
0
0
Veja a opinião dos viajantes:
Filtrarportuguês
Atualizando...
1 a 10 de 14 avaliações
Publicada em 14 de maio de 2016

Acho que tudo que eu for avaliar sobre Khiva pode ser incluído como uma bela viagem no tempo. É todo um conjunto de obras lindamente recuperadas. Uma visita que enriquece e acrescenta.

Obrigado, Carmen Lúcia d
Publicada em 14 de maio de 2016

Tudo que se vê em Khiva é interessante. É toda uma cidadela, completa, com muralhas, minaretes, mesquitas, tumbas, palácios. Desde a entrada tive a sensação de estar voltando no tempo. É uma visita importante para quem quer conhecer um pouco da História da Ásia Central,...Mais

Obrigado, Carmen Lúcia d
Publicada em 12 de maio de 2016

Não sabemos como é o hotel que aqui funciona, mas acordar pela manhã e ver da janela do quarto o pátio da madrassa é um programa convidativo

Obrigado, FernandoRicardo
Publicada em 12 de maio de 2016

Um minarete que ficou incompleto por morte do seu patrocinador. Noutro lado seria apenas uma obra inacabada mas aqui transformou-se num emblema da cidade. Pena não estar aberto. De qualquer modo a sua localização é privilegiada, no alto de uma plataforma donde se vê a...Mais

Obrigado, FernandoRicardo
Publicada em 5 de setembro de 2015

Simbolo de Khiva, a grande torre azul fica localizada na praça central da cidade. Grandioso e imponente, ainda que inacabado.

Obrigado, zorzi1751
Publicada em 28 de agosto de 2015 via dispositivo móvel

Mesmo junto da porta principal,encontra-se este minarete com um diâmetro impressionante na base. Ficou inacabado,não se sabendo qual a real razão.Teria 70 m de altura. Tem uma cor azul fabulosa,é uma excelente zona para os fotógrafos amadores mostrarem as suas habilidades

Obrigado, edmundom298
Publicada em 10 de maio de 2015

Essa bonita madrassa, logo na entrada oeste da Ichon Qala, a antiga cidade murada de Khiva, foi transformada no Orient Star, um hotel relativamente luxuoso. Enquanto os hóspedes dormem nas antigas células de estudo, os demais turistas podem entrar no pátio principal da madrassa para...Mais

Obrigado, PedroVillelaCG
Publicada em 25 de abril de 2015

Logo após adentrar as muralhas de Itchan Kala pelo portão oeste, avista-se o alto e bojudo minarete Kalta Minor, recoberto de ladrilhos com diversos tons de azul. Que maravilhosa primeira impressão da incrível Khiva!

Obrigado, PedroVillelaCG
Publicada em 20 de setembro de 2012

Madrasa que foi transformada em hotel. Muito bem restaurada. Faz conjunto com o minarete inacabado Kalta-minor, todo coberto por azulejos.

Obrigado, Francisco P
Essas avaliações foram traduzidas do inglês automaticamente. Mostrar traduções automáticas?
Publicada em 9 de julho de 2014

Este é talvez o maior símbolo emblemático da cidade de velha Khiva. À primeira vista, e apenas olhando para o formato, o Menor Kalta parece mais como uma chaminé industrial azulado verde ou um barril grande do que um minarete, embora incompletas. A história de...por que razão o minarete é incompleta e, consequentemente, curto (Kalta) é bastante conhecida. Com o diâmetro de sua enorme base mais de metade de sua altura (26 m), a impressão de um pesado ferro como chaminé é muito conveniente, embora muito decorado. Não é que a velha, um pouco mais de 150 anos,- a sua construção ter sido parado em 1855. Para Além do fator tamanho, a alegação da Kalta Menor para a fama é a decoração - o minarete azul brilhante é talvez o único minarete cuja superfície é totalmente coberto com azulejos coloridos. O minarete está ao lado da Muhammad Amin-Khan Madrassah, parte do que foi convertido em um Hotel. Os padrões de azulejos coloridos em branco, azul, verde e amarelo ocre formam uma perfeita harmonia. O minarete é muito impressionante mesmo de longe, mas é melhor visto subir ao terraço do Madrassah Hotel. O nosso proprietário Dilmurod de Hotel organizado para o nosso "incursão" para o terraço de Madrassah, que normalmente é fora dos limites para o turista normal. Subir o minarete, ouvimos não era permitido.Mais

Veja mais avaliações
Perto
Hotéis próximosVeja todos os 9 hotéis perto
Orient Star Khiva Hotel
365 avaliações
0,06 km de distância
Hotel Arkanchi
110 avaliações
0,09 km de distância
Hotel Malika Kheivak
148 avaliações
0,19 km de distância
Art House Hotel
1 avaliação
0,22 km de distância
Restaurantes próximosVeja todos os 16 restaurantes perto
Terrassa Cafe
128 avaliações
0,11 km de distância
Khorezm Art Restaurant
228 avaliações
0,3 km de distância
Mirza Bashi
119 avaliações
0,1 km de distância
Bir Gumbaz
169 avaliações
0,03 km de distância
Atrações próximasVeja todas as 22 atrações perto
Itchan Kala
441 avaliações
0,02 km de distância
Friday Mosque
354 avaliações
0,16 km de distância
Citadel Kunya-ark
175 avaliações
0,13 km de distância
Stone Palace (Tash Khauli)
127 avaliações
0,27 km de distância
Perguntas e respostas
Os funcionários e antigos clientes da empresa respondem rápido a dúvidas sobre Mohammed Amin Madrassah.
Observação: a sua pergunta poderá ser vista por todas as pessoas na página do perguntas e respostas.
Enviar
Diretrizes de publicação