O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.
Reserve com antecedência
Mais informações
A partir de
US$62,50*
Aswan Day Tour Visiting Philae Temple, Unfinished Obelisk and High Dam in Aswan
Mais informações
A partir de
US$74,00*
Private Tour from Aswan to Philae Temple and Unfinished Obelisk
Mais informações
A partir de
US$125,00*
Private Day Tour from Luxor to Aswan High Dam and Unfinished Obelisk and Philae
Mapa
Satélite
A atualização do mapa foi interrompida. Aumente o zoom para ver as informações atualizadas.
Redefinir o zoom
Atualizando mapa…
Visão geral
  • Excelente25%
  • Muito bom37%
  • Razoável28%
  • Ruim7%
  • Horrível3%
LOCALIZAÇÃO
Aswan, Egito
Faça sua avaliação
Avaliações (497)
Pontuação dos viajantes
Tipo de viajante
Época do ano
Idioma
  • Mais idiomas

1 a 10 de 106 avaliações

Avaliou 30 de Março de 2017 via dispositivo móvel

Um monumento inacabado bastante interessante. E importante para sabermos mais sobre a história do desenvolvimento humano.

Obrigado, vimalser
Avaliou 12 de Março de 2017

Vale pelo facto de ficarmos a pensar como é que à 4000 anos a.c. conseguiam trabalhar o granito de forma tão perfeita e como conseguiam cortar a face debaixo, tirar e transportar os obeliscos que pesam toneladas duma pedreira.

Obrigado, Luis090668
Avaliou 23 de Fevereiro de 2017 via dispositivo móvel

A visita é bem rápida e vc pode ver o obelisco inacabado, talhado em três faces, porém sem nenhum desenho ou relevo. É interessante porque da para ver ver como os antigos egípcios faziam para retirar as pedras da pedreira. Visita interessante, porém dispensável.

Obrigado, Ocacir S
Avaliou 5 de Fevereiro de 2017

O passeio é rápido e você entende como os obeliscos eram feitos! Mas o passeio é bem rápido e fica dentro da cidade, por isso vale a pena, senão eu indicaria passar mais tempo pela cidade ou ir voando a Abu Simbel!

Obrigado, marceloa660
Avaliou 20 de Janeiro de 2017 via dispositivo móvel

Saber como eram feitos esses obelisco magníficos, observar os detalhes do processo de construção e extração é um espetáculo. A pedreira, toda marcada pelo trabalho dos construtores. Fantástico.

Obrigado, Jeferson P
Avaliou 11 de Setembro de 2016

Um obelisco inacabado, de granito, que pode ser visitado, parece ter mostrado um defeito e foi abandonado, o trabalho não foi terminado, continua na rocha.

Obrigado, Anaceliabr
Avaliou 1 de Setembro de 2016 via dispositivo móvel

esculpido a mao literalmente este obelisquo eh exemplo do trabalho a ser feito para os outros visto em luxor e ao redor do mundo

Obrigado, RICARDO A
Avaliou 22 de Maio de 2016

Um lugar para entender um pouco como era construído os obelisco na época mesmo sem ferramentas adequadas o que nos deixa muito entregado 😱

Obrigado, Marcos Inacio V
Avaliou 15 de Maio de 2016 via dispositivo móvel

O local da pedreira onde está o obelisco inacabado, complementa visitas aos templos de Luxor, uma fonte interessante de como eram extraídos os obeliscos das pedreiras e só. Você anda pelo local, cuja as correntes de proteção estão danificada, vê o entalhe do obelisco e...Mais

Obrigado, Fernando T
Avaliou 17 de Abril de 2016 via dispositivo móvel

A civilização egípcia é realmente extraordinária! Aswan é uma cidade que reserva experiências inesquecíveis ao turista como o incrível obelisco que não foi terminado

Obrigado, Paulo_BJR
Proximidades
Restaurantes próximos
1902 Restaurant
178 avaliações
0,98 km de distância
El Masry
192 avaliações
1,77 km de distância
The Terrace
140 avaliações
1,01 km de distância
El Dokka
171 avaliações
1,29 km de distância
Atrações próximas
Museu de Núbia
429 avaliações
1,28 km de distância
Elephantine Island
278 avaliações
1,55 km de distância
Animalia
70 avaliações
1,58 km de distância
Perguntas e respostas
Os funcionários de Unfinished Obelisk e seus antigos clientes respondem rápido às suas perguntas.
Observação: a sua pergunta poderá ser vista por todas as pessoas na página do Perguntas e respostas.
Diretrizes de publicação
Enviar