O seu navegador não é compatível. O site Tripadvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

Khan Al-Khalili

3.910 avaliações

Khan Al-Khalili

3.910 avaliações
3.910avaliações40perguntas e respostas
Pontuação dos viajantes
  • 1.762
  • 1.297
  • 581
  • 173
  • 97
Tipo de viajante
Época do ano
Idioma
  • Mais
Segurança
Filtros selecionados
  • Filtrar
  • Português
FSabbag escreveu uma avaliação dez de 2020
São Paulo, SP900 contribuições252 votos úteis
O local inspira história e vale pelo menos de 30 minutos a 1 hora de visita pelas suas vielas estreitas e instigadoras. Se possível visite o café dos espelhos El Fishawi cafe ( o mais antigo do mundo tbm ainda aberto). O detalhe é que todo o local foi construido sobre um cemitério fatímida ( antigos sírios), algo um pouco tenebroso e no mínimo curioso. O local tem muitos cafés, lojas para souveniers e é um excelente local para respirar a cultura local Khan el Khalili é uma área comercial antiga, um imenso mercado de estreitas ruelas com milhares de pequenas tendas com as mercadorias: sapatos, tecidos, pipas de cristal, especiarias, joias, com suas ruas repletas de gente, mesas nas portas dos cafés, onde alguns comércios contém também seus próprios pequenos ateliês de manufaturas.Khan el Khalili é um imenso bazar no coração da cidade do Cairo, no Egito. Junto com o mercado de Al-Muski, situado ao oeste, forma a área de compras mais importantes da cidade. Mas é mais que isso, representa a tradição que converteu a Cairo em um centro importante de comércio, ao dar aos comerciantes estrangeiros um lugar fixo para expor suas mercadorias. Nas ruelas de Khan el Khalili podem-se encontrar artesanatos manuais dos mais simples aos mais elaborados, perfumes, alimentos, especiarias, jóias, souvenirs das mais variadas espécies com motivos faraônicos e tudo que se puder imaginar. Sem dúvida, um lugar dos mais exóticos e que caracteriza de forma completa o Egito de ontem e de hoje, cujo mercado monopolizava os mamelucos até que os portugueses e espanhóis encontraram rotas alternativas. Neste mercado árabe, em meio à vozes, animais domésticos e barracas de alimentos de todo gênero, num ir e vir de pessoas de todas as partes do mundo, observa-se artistas dos mais variados gêneros oferecendo os seus trabalhos manuais. O Khan el Khalili tem um cheiro todo próprio e inesquecível de especiarias. O soco (o nome árabe para bazar ou mercado) criou-se em 1382, quando o emir burjida Dyaharks el-Jalili construiu um caravançarai (ou han) no local. Uma caravançarai era um restaurante para os comerciantes ambulantes, e geralmente um foco de atividade econômica para seus arredores. Todavia existe, convertida em hotel. Outro lugar de descanso é o café El-Fishawi (dos espelhos), aberto às 24 horas desde a 200 anos, lugar de reunião para os artistas locais que era frequentado por Naguib Mahfuz, Prêmio Nobel de Literatura e um dos autores mais conhecidos do Egito. Ao mesmo tempo pode-se acompanhar a elaboração de um objeto artesanal, passo a passo. Homens vestidos com suas túnicas (galabias) e seus turbantes, discutem exaltados compras e vendas de mercadorias. Outros, sentados nas calçadas pensam na vida e fumam observando o movimento diário. O mercado era também um centro de reunião para grupos rebeldes, até que o Sultão Ghawri o reconstruiu e modernizou no século XVI.
Leia mais
Data da experiência: novembro de 2020
Útil
Compartilhar
Cristina P escreveu uma avaliação mar de 2020
Niterói, RJ905 contribuições180 votos úteis
É uma delícia... várias lojinhas, vendendo produtos similares, grande parte da China! As mulheres adoram... Aqui a brincadeira é negociar.... Jamais dirão quanto vale o produto, dirão um preço absurdo, vc faz uma contra-proposta, ele propõe outro preço... no final vendedor e freguês se acertam...
Leia mais
Data da experiência: março de 2020
1 voto útil
Útil
Compartilhar
vitorbabrazil escreveu uma avaliação mar de 2020
Salvador, BA6.680 contribuições3.159 votos úteis
O melhor período para se visitar esse bazar é pela manhã, quando as lojas estão abrindo, as ruelas estão vazias e os vendedores estão de bom humor e podem ser mais generosos com descontos - negocie sempre!! Aqui se encontra desde quinquilharias das mais diversas a itens de xilogravura e joias de alto padrão. Leve sempre a moeda local e nunca aceite o primeiro valor dado!
Leia mais
Data da experiência: março de 2020
5 votos úteis
Útil
Compartilhar
biazange escreveu uma avaliação fev de 2020
São Paulo, SP1.236 contribuição705 votos úteis
Acabamos indo duas tardes nesse sou, na primeira fomos tomar um café no Mahouz e na segunda fomos lá almoçar, vale a pena se tiver um tempo. Tem muita quinquilharia, muita falsificação , mas pode achar algo interessante , pequenas lembranças, a regra é negociar sempre, faz parte da cultura deles.
Leia mais
Data da experiência: fevereiro de 2020
3 votos úteis
Útil
Compartilhar
Andrea G escreveu uma avaliação fev de 2020
São Paulo, SP537 contribuições223 votos úteis
São lojinhas e mais lojinhas , você se perde lá dentro, sao souvenir, roupas, lamparinas, bijouterias, artigos de couro etc. Mas venha com tempo e paciência pra negociar
Leia mais
Data da experiência: fevereiro de 2020
1 voto útil
Útil
Compartilhar
Anteriores
Perguntas frequentes sobre Khan Al-Khalili