O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.
Destaques da avaliação
Trilha acessível

Trilha circular curta, uma passarela de madeira acessível a pessoas com limitações de movimentos... leia mais

Publicada em 3 de fevereiro de 2019
MauricioEBMarques
,
Piracicaba, SP
via dispositivo móvel
Trilha acessível.

Trilha com baixo grau de dificuldade, são apenas 387 mts de percurso, bastante interessante pois... leia mais

Publicada em 13 de agosto de 2016
Aldo E
,
Santo André, SP
Leia todas as 6 avaliações
Todas as fotos (10)
Tela cheia
Opinião dos viajantes
  • Excelente33%
  • Muito bom51%
  • Razoável16%
  • Ruim0%
  • Horrível0%
Sobre
Duração sugerida: < 1 hora
Contato
Parque Estadual Carlos Botelho | Sede, São Miguel Arcanjo, Estado de São Paulo 18230-000, Brasil
15-3279-0483
Ligar
Aprimore o perfil
Avaliações (6)
Filtrar avaliações
6 resultados
Pontuação dos viajantes
2
3
1
0
0
Tipo de viajante
Época do ano
IdiomaPortuguês
Pontuação dos viajantes
2
3
1
0
0
Veja a opinião dos viajantes:
Filtros selecionados
Filtrarportuguês
Atualizando...
Publicada em 3 de fevereiro de 2019 via dispositivo móvel

Trilha circular curta, uma passarela de madeira acessível a pessoas com limitações de movimentos, inclusive cadeirantes. Interessante fragmento de mata atlântica.

Data da experiência: fevereiro de 2019
Obrigado, MauricioEBMarques
Publicada em 30 de janeiro de 2019

A trilha é curta e fácil através de uma passarela de madeira. Quinze minutos de caminhada. As bromélias não estavam floridas, mas a trilha tem muito verde.

Data da experiência: janeiro de 2019
1  Obrigado, qualquerviagem
Publicada em 28 de agosto de 2017

Trata-se de uma trilha auto guiada (não é necessário a contratação de monitor ambiental para guiá-la). O visitante pode percorrer o trajeto em plataformas de madeira tratada, observar espécies de aves, fauna e flora, em especial a ameaçadissíma Palmeira Juçara. A trilha é de curta...Mais

Data da experiência: julho de 2017
1  Obrigado, stefanie s
Publicada em 13 de agosto de 2016

Trilha com baixo grau de dificuldade, são apenas 387 mts de percurso, bastante interessante pois foi projetada para o uso também de pessoas com mobilidade reduzida. Ganhou meu voto por este detalhe.

Data da experiência: agosto de 2016
2  Obrigado, Aldo E
Publicada em 15 de janeiro de 2016 via dispositivo móvel

Gostei do local, com informações sobre as espécimes e fácil acesso aos cadeirantes. No decorrer do percurso, tem alguns bancos que deram charme extra ao local.

Data da experiência: janeiro de 2016
2  Obrigado, 544rafaell
Publicada em 4 de janeiro de 2016

Circuito contemplativo, infelizmente quando estivemos aqui já havia passado a florada das bromélias, mas não deixa de ser interessante, o espaço é bem cuidado. Passeio bastante curto, o ideal é agregar este local a alguma trilha mais longa, pois são necessários apenas 30 minutos para...Mais

Data da experiência: novembro de 2015
1  Obrigado, Jocely955
Veja mais avaliações
Perto
Hotéis próximosVeja todos os hotéis perto
Hotel Universitário
32 avaliações
31,94 km de distância
Hotel Iporã
103 avaliações
32,31 km de distância
Hotel Poloni
38 avaliações
32,72 km de distância
Hotel Passarim
84 avaliações
37,26 km de distância
Restaurantes próximosVeja todos os 135 restaurantes perto
Restaurante Bom Bokado
0,19 km de distância
Arcanjos Buffet
4 avaliações
0,2 km de distância
Kiko Pizzaria
0,33 km de distância
Churrascaria Do Lego
0,38 km de distância
Atrações próximasVeja todas as 11 atrações perto
Catedral Nossa Senhora dos Prazeres
85 avaliações
31,91 km de distância
Porthal Rastro da Serpente
57 avaliações
37,28 km de distância
Parque Estadual Intervales
116 avaliações
44,25 km de distância
Cachoeira do Bernardo Alemão
39 avaliações
50,76 km de distância
Perguntas e respostas
Os funcionários e antigos clientes da empresa respondem rápido a dúvidas sobre Trilha das Bromélias.
Observação: a sua pergunta poderá ser vista por todas as pessoas na página do perguntas e respostas.
Enviar
Diretrizes de publicação