O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.
Salvar
Compartilhar
Destaques da avaliação
kalandula

Um dos mais conhecidos cartões de visita de Angola, as quedas do Kalandula são a cerca de 70km de... leia mais

Publicada em 24 de fevereiro de 2018
VeraSantos
Etápa obrigatória

Quedas de uma beleza natural incrível, e como Nuno P descreveu muito bem descer na base é uma... leia mais

Publicada em 21 de março de 2017
MarcoR1841
Leia todas as 50 avaliações
122
Todas as fotos (122)
Tela cheia
Veredicto dos viajantes
  • Excelente84%
  • Muito bom16%
  • Razoável0%
  • Ruim0%
  • Horrível0%
Sobre
Contato
Kalandula, Angola
+244 927 645 431
Ligar
Avaliações (50)
Filtrar avaliações
25 resultados
Pontuação dos viajantes
21
4
0
0
0
Tipo de viajante
Época do ano
IdiomaPortuguês
Mais idiomas
21
4
0
0
0
Veja a opinião dos viajantes:
Filtrarportuguês
Atualizando...
1 a 10 de 25 avaliações
Publicada 24 de fevereiro de 2018

Um dos mais conhecidos cartões de visita de Angola, as quedas do Kalandula são a cerca de 70km de Malange, o caminho a partir de Luanda não é facil mas... vale bem a pena

Obrigado, VeraSantos
Publicada 9 de agosto de 2017

O local é muito bonito, com visuais lindíssimos de diversos pontos. Mágico mesmo! Contrate o serviço dos guias locais. Se for descer até a base das cataratas, use um calçado de boa aderência, pois a descida é íngreme e pode escorregar. Já na base há...Mais

2  Obrigado, Cesar Luiz I
Publicada 21 de março de 2017

Quedas de uma beleza natural incrível, e como Nuno P descreveu muito bem descer na base é uma aventura fascinante e os jovens guias locais são muitos atenciosos.

Obrigado, MarcoR1841
Publicada 8 de janeiro de 2017

descer á base das cascatas é uma aventura fascinante. por entre trilhos e arvores, de preferencia com guias locais, consegue-se uma visão unica do local.

Obrigado, Nuno P
Publicada 20 de agosto de 2016 via dispositivo móvel

Se visitar Angola tem de incluir a visita às Quedas de Kalandula denominadas, na época colonial por, Quedas do Duque de Bragança. Estas cataratas são uma das 7 Maravilhas Naturais de Angola. A partir de Luanda fizemos cerca de 14h de viagem ida e volta,...Mais

1  Obrigado, Patty J
Publicada 9 de agosto de 2016

Angola ainda deve ser dos poucos países onde as maravilhas naturais não estão invadidas pelo comércio e pelo turismo de massas. Ir de Luanda às quedas e regressar é uma viagem de 900km, pelo que mais vale a pena fazer um programa de 2 dias...Mais

2  Obrigado, araoguerreiro
Publicada 27 de julho de 2016

Uma das belezas naturais de Angola. É um ponto de visita obrigatório para quem visita Angola. Uma das maiores quedas de água de África, envolta numa paisagem natural fantástica.

Obrigado, JacintoB20
Publicada 1 de julho de 2016

Uma experiencia fantastica. Uma beleza/paisagem indescritivel! Vale a pena o tempo de viagem e sem duvida uma paragem obrigatoria.

1  Obrigado, mundocl
Publicada 11 de junho de 2016

Vale a pena conhecer e estar numa das maravilhas de Angola: as quedas de Kalandula! A paisagem é magnífica, a força da água cria quedas de água naturais com pedras enormes, onde os da terra aproveitam para tomar banho e lavar a roupa! É a...Mais

1  Obrigado, carmencorreia946
Publicada 17 de fevereiro de 2016

Apesar da viagem desde Luanda, vale bem o passeio pelos momentos que se vivem. Não se assustem com o "assalto" de meninos a querer ser guias

1  Obrigado, rroseta
Veja mais avaliações
Perto
Hotéis próximosVeja todos os hotéis perto
Njinga Hotel
8 avaliações
65,23 km de distância
Restaurantes próximosVeja todos os restaurantes perto
O Quintal
63,68 km de distância
Atrações próximasVeja todas as atrações perto
Black Stones of Pungo Andongo
10 avaliações
80,26 km de distância
Os funcionários e antigos clientes da empresa respondem rápido a dúvidas sobre Kalandula Falls.
Observação: a sua pergunta poderá ser vista por todas as pessoas na página do perguntas e respostas.
Enviar
Diretrizes de publicação