Museu Arqueológico do Carmo
Museu Arqueológico do Carmo - Lisboa
4.5
10:00 – 19:00
Segunda-feira
10:00 - 19:00
Terça-feira
10:00 - 19:00
Quarta-feira
10:00 - 19:00
Quinta-feira
10:00 - 19:00
Sexta-feira
10:00 - 19:00
Sábado
10:00 - 19:00
Informações
A construção da igreja do Carmo remonta ao ano de 1389, impulsionada pelo desejo e devoção religiosa do seu fundador, o Condestável do Reino, D. Nuno Álvares Pereira. Construída sobre a colina fronteira ao castelo de S. Jorge, pela sua grandeza e monumentalidade, rivalizava com a Sé de Lisboa e com o Convento de S. Francisco da mesma cidade. Desde cedo este espaço religioso foi considerado emblemático da urbe lisboeta e da própria identidade nacional, pelo facto de lhe estar associado o nome de um dos mais famosos heróis portugueses da Idade Média. Ao ter escolhido a igreja do Carmo para sua sepultura, Nuno Álvares Pereira marcou, de forma decisiva, toda a história do monumento gótico. A igreja e o convento receberam vários acrescentos e alterações ao longo dos tempos, adaptando-se a novos gostos e estilos arquitectónicos e decorativos, transformando-se numa das construções mais ricas e poderosas de Lisboa. Em 1755, o terramoto, que abalou com violência a cidade, provocou graves danos no edifício, agravados pelo subsequente incêndio que destruiu quase totalmente o seu recheio. No ano de 1756 iniciou-se a sua reconstrução, já em estilo neogótico, interrompida definitivamente em 1834, devido à extinção das Ordens Religiosas em Portugal. Desse período de reconstrução datam os pilares e os arcos das naves, que são um verdadeiro testemunho de arquitectura neogótica experimental, de cariz cenográfico. Em meados do século XIX, imperando o gosto romântico pelas ruínas e pelos antigos monumentos medievais, optou-se por não continuar a reconstrução do edifício, deixando o corpo das naves da igreja a céu aberto. É assim criado um mágico cenário de ruína, que tanto agradava aos estetas oitocentistas e que ainda hoje encanta os nossos contemporâneos. As ruínas do Carmo transformaram-se, assim, num memorial do terramoto de 1755. O Museu Arqueológico do Carmo, aqui instalado, foi fundado em 1864 pelo primeiro presidente da Associação dos Arqueólogos Portugueses, Joaquim Possidónio Narciso da Silva (1806-1896). Foi o primeiro museu de Arte e Arqueologia do país, e nasceu dos objectivos de salvaguarda do património nacional que se ia delapidando e deteriorando, em consequência da extinção das Ordens Religiosas e dos inúmeros estragos infligidos durante as Invasões Francesas e as Guerras Liberais. Nos primeiros anos de existência, reuniu um espólio constituído por inúmeros fragmentos de arquitectura e escultura, bem como monumentos funerários de grande relevo escultórico, painéis de azulejo, pedras de armas, e outros tantos objectos de interesse histórico-artístico e arqueológico. Nos finais do século XIX e no terceiro quartel do século XX, deram entrada no Museu importantes colecções de arte e arqueologia de diferentes proveniências, entre as quais se destacam a colecção de epigrafia romana, a colecção de cerâmicas e múmias précolombianas e o acervo originário da escavação do Castro de Vila Nova de S. Pedro, na Azambuja (Calcolítico c.3500 a.C), contando actualmente com cerca de mil artefactos em exposição permanente. Ao longo de mais de um século de existência e de serviços prestados à comunidade científica e ao grande público, o Museu Arqueólogo do Carmo, permanece envolto na sua “aura romântica”, oferecendo um espaço de fruição estética, de cultura e contemplação, em plena baixa lisboeta.
Duração: < 1 hora
Recomende alterações para melhorar nosso conteúdo.
Aprimorar este perfil
Excursões e experiências
Explore diferentes maneiras de conhecer este local.
O que é o Travellers’ Choice?
O Tripadvisor oferece o prêmio Travellers’ Choice a acomodações, atrações e restaurantes que sempre recebem ótimas avaliações e estão entre 10% dos melhores estabelecimentos no Tripadvisor.
Planeje a visita
Localização
Endereço
Bairro: Chiado e Carmo
Como chegar
  • Baixa/Chiado • a 3 min de caminhada
  • Rossio • a 3 min de caminhada
Entre em contato diretamente

4.5
4,5 de 5 círculos2.908 avaliações
Excelente
1.559
Muito boa
1.067
Razoável
229
Ruim
39
Horrível
14

RafaPaiva
Rio de Janeiro, RJ63 contribuições
4,0 de 5 círculos
mai. de 2023
O lugar é interessante, bem amplo, e bela arquitetura. São mostradas algumas peças recuperadas após o grande terremoto que devastou parte da catedral e acabou com o telhado. Existe um museu interno, e uma projeção mostrando a história do local. É um local de contemplação, a visita não deve passar de 1 hora.
Feita em 8 de junho de 2023
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Fabiana D
Ribeirão Preto, SP245 contribuições
4,0 de 5 círculos
set. de 2022
Ruínas da Igreja de Carmo que hoje abriga um museu com paredes com os tradicionais azulejos portugueses e outras relíquias.
Feita em 7 de dezembro de 2022
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

NatVRS
São Paulo, SP348 contribuições
5,0 de 5 círculos
nov. de 2022 • A sós
Local lindo e impressionante.
Conta parte da história de Portugal no pequeno museu interno.
Visita rápida, mas inspiradora.
Feita em 15 de novembro de 2022
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Mariana K
240 contribuições
5,0 de 5 círculos
out. de 2022 • Casais
Belas ruínas. Uma igreja a céu aberto que resistiu ao terremoto. Uma linda experiência. Ainda mais por ter uma linda gatinha como mascote já ganhou meu coração!
Feita em 22 de outubro de 2022
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Maria Solange O
Farroupilha, RS22.047 contribuições
5,0 de 5 círculos
jun. de 2022
O Museu Arqueológico do Carmo localiza-se nas ruínas do Convento do Carmo (o que sobrou do terremoto de 1755). No acervo há cerâmicas pré-colombianas, múmias, monumentos funerários, painéis de azulejo e pinturas. A entrada custa 5€.
Feita em 6 de junho de 2022
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Orlando P
Lyon, França62 contribuições
4,0 de 5 círculos
nov. de 2019 • Amigos
Fomos ao convento do Carmo porque chovia. Ao início tivemos alguns problemas já que não havia áudio tours disponíveis. Mais tarde no-los deram e pudemos fazer a visita normalmente. Esse sítio é muito interessante mas a organização das visitas deveria ser melhorada.
Feita em 25 de outubro de 2020
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Nádia
4 contribuições
5,0 de 5 círculos
ago. de 2020
Com esta situação toda do novo vírus covid-19 eu sinto me segura la dentro, vários postos com álcool para desinfectar as mãos
Feita em 21 de agosto de 2020
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Reginato
Curitiba, PR4.490 contribuições
4,0 de 5 círculos
fev. de 2020
O acesso é fácil e não tem tanta fila. O ingresso até que é meio caro pelo tamanho do museu. Porém, vale dar uma olhada porque o museu é interessante e dá uma dimensão do terremoto que destruiu boa parte do convento.
Feita em 1 de abril de 2020
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

VERA R.
Rio de Janeiro, RJ92 contribuições
5,0 de 5 círculos
jan. de 2020
Embora a sua construção não esteja íntegra , o que restou após o grande terremoto , em 1755 em Lisboa, é possível imaginar a grandeza desse local em circunstâncias na época. Domina o estilo gótico de suas colunas e arcos. Lindo de admirar. Sem falar as relíquias que contém o seu museu. Não deixe de conhecer . É fácil o acesso , está no centro histórico de Lisboa.
Feita em 27 de março de 2020
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Verô
Vilhena, RO214 contribuições
5,0 de 5 círculos
mar. de 2020 • A sós
Quando vc entra em 3 ou 4 igrejas já enjoa e começa a ficar tudo igual mas o museu do Carmo é riquíssimo em história e achei sensacional e totalmente diferente das demais
Feita em 24 de março de 2020
Esta avaliação representa a opinião subjetiva de um membro da comunidade do Tripadvisor e não da Tripadvisor LLC. O Tripadvisor verifica as avaliações.

Mostrando 110 de 655 resultados
Este é o seu perfil do Tripadvisor?
Você é o proprietário ou o gerente deste estabelecimento? Solicite o seu perfil gratuito para responder a avaliações, atualizar o seu perfil e muito mais.
Solicite o seu perfil

Museu Arqueológico do Carmo (Lisboa) - Tripadvisor

Perguntas frequentes sobre Museu Arqueológico do Carmo


Restaurantes perto de Museu Arqueológico do Carmo: Veja todos os restaurantes perto de Museu Arqueológico do Carmo no Tripadvisor

Todos os hotéis: LisboaPromoções de hotéis em LisboaHotéis de última hora em Lisboa
Coisas a fazer em Lisboa
Viagens de um dia em Lisboa
RestaurantesVoosAluguéis de temporadaHistórias de viagemCruzeirosLocação de veículos