O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.
Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

Hostel X Berger

Schlesischestrasse 22, 10997 Berlim, Alemanha
Serviços do hotel
Nenhuma foto fornecida
Tirou uma foto?
Adicione-a.
Melhores preços para sua estadia
Escolha as datas para ver os melhores preços
Entrada Saída
Mostrar preços
Compare os melhores preços dos principais sites de viagens
Nº 477 de 666 hotéis em Berlim
Avaliação recente
3 de 5 estrelas Avaliou em 4 de Dezembro de 2014
Jorge D
Faça sua avaliação Multiplus arrow

32 avaliações de viajantes

Pontuação dos viajantes
    7
    6
    7
    7
    5
Ver avaliações de
1
6
9
Negócios
0
Resumo das pontuações
  • Localização
    4 de 5 estrelas
  • Qualidade do sono
    2,5 de 5 estrelas
  • Quartos
    2,5 de 5 estrelas
  • Atendimento
    3,5 de 5 estrelas
  • Custo-benefício
    3,5 de 5 estrelas
  • Limpeza
    3 de 5 estrelas
As dicas dos viajantes ajudam você a escolher o quarto perfeito.   Dicas de quarto
Data | Pontuação
  • Alemão primeiro
  • Inglês primeiro
  • Italiano primeiro
  • Polonês em primeiro
  • Português primeiro
  • Russo primeiro
  • Qualquer
  • Avaliações recentes em português
Português primeiro
Colaborador Avançado
27 avaliações 27 avaliações
5 avaliações de hotéis
2 votos úteis 2 votos úteis
3 de 5 estrelas Avaliou em 4 de Dezembro de 2014

Local agradável, muitos jovens, porém peca na estrutura para banho pois os boxes possuem cortinas pequenas que não seguram o fluxo da agua deixando o chão do vestiário empoçado. A estrutura é bem simples e só há um micro disponível para os hospedes.

Esta avaliação foi útil? Sim
Viena, Áustria
Colaborador Intermediário
14 avaliações 14 avaliações
6 avaliações de hotéis
16 votos úteis 16 votos úteis
2 de 5 estrelas Avaliou em 21 de Agosto de 2013

Primeiro de tudo, não é nada barato. Eles anunciam camas a partir de 9 euros, mas o mais barato que você pode encontrar em agosto é 14 euros ou mais, e é um dormitório misto com 12 camas! Você pode conseguir um quarto muito melhor com 2 euros extra em qualquer de seus hostels! Em segundo lugar, o Wi-Fi não... Mais 

Esta avaliação foi útil? Sim 3
Nijmegen, Países Baixos
Colaborador Júnior
9 avaliações 9 avaliações
3 avaliações de hotéis
3 votos úteis 3 votos úteis
2 de 5 estrelas Avaliou em 9 de Agosto de 2013

A localização era realmente boa e tomamos café da manhã grátis pela manhã, mas o resto era ruim. O quarto não podia ser trancado e os armários eram pequenos demais para colocar a nossa mochila dentro. O chuveiro também não podia ser trancado e tinha água fria. Os quartos eram ao lado de uma rua movimentada, então você podia ouvir... Mais 

Esta avaliação foi útil? Sim 2
Colaborador
3 avaliações 3 avaliações
3 avaliações de hotéis
5 votos úteis 5 votos úteis
1 de 5 estrelas Avaliou em 31 de Outubro de 2012 via dispositivo móvel

Pior hostel que eu fiquei em minha viagem pela Europa. Desarrumado, apertado, beliches eram realmente um problema, a pessoa acima de mim estava praticamente sobre mim. Este é o último hostel que eu jamais voltaria também.

Esta avaliação foi útil? Sim 4

1 fotos deste hotel

Fotos de viajantes: Confira o que outros viajantes como você viram

Visto
Todas as fotos de viajantes (1)
Visto
Outros (1)
Talvez você também goste destes hotéis...
Entrada Saída
Avalie sua estadia

Estadia em Kreuzberg

Perfil do bairro
Kreuzberg
O coração revolucionário de Berlim e suas raízes na imigração podem ser encontrados em Kreuzberg, mas este bairro central está começando uma nova fase. Em 1950 e 1960, trabalhadores turcos se estabeleceram nos arredores de Kottbusser Tor, enquanto em 1980 e 1990, invasores e artistas indisciplinados levavam aqui uma vida sem limites. Um antigo hospital se tornou um ponto de encontro para protestos entre os invasores e a polícia. Hoje em dia, ainda é possível encontrar neste local os melhores quibes da cidade e diversos clubes do tipo inferninho, mas muita coisa mudou. O hospital foi transformado em um centro de arte, além de encontrarmos cada vez mais cafeterias, restaurantes e lojas de grife. O aumento nos preços das casas e a revitalização ameaçam o espírito desta área ao longo do rio Spree, mas o legado do bairro é mantido por uma comunidade engajada em preservar a sua identidade rebelde.
Explore este bairro

Serviços/Comodidades