O seu navegador não é compatível. O site TripAdvisor poderá não ser exibido corretamente.
Aceitamos os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.

O que fazer em Oeiras

Nome
Nº 1 de 15 pontos turísticos em Oeiras
Categoria: Acampamento e colônias de férias
Mapa | Fotos do visitante (15)
Nº 2 de 15 pontos turísticos em Oeiras
Categoria: Excursões
Mapa | Fotos do visitante (3)
Nº 3 de 15 pontos turísticos em Oeiras
Fotos do visitante (4)
Nº 4 de 15 pontos turísticos em Oeiras
Mapa | Fotos do visitante (2)
Nº 5 de 15 pontos turísticos em Oeiras
Fotos do visitante (4)
Nº 6 de 15 pontos turísticos em Oeiras
Categoria: Ranchos
Mapa | Fotos do visitante (15)
Seja o primeiro a avaliar esta atração
Descrição do proprietário: A Pepa Doces é uma marca de doçaria gerida pelo casal luso-brasileiro Pedro e Paola Rebelo. Ele, português, é o chefe do... mais » Descrição do proprietário: A Pepa Doces é uma marca de doçaria gerida pelo casal luso-brasileiro Pedro e Paola Rebelo. Ele, português, é o chefe do negócio. É da criatividade e, sobretudo, da sua curiosidade que nascem doces como o brigadeiro de champanhe ou de pimenta. A paixão despertou quando se propôs assegurar a produção dos doces para o casamento da irmã mais nova de Paola, em dezembro de 2010. « menos
Mapa | Fotos do visitante (6)
Seja o primeiro a avaliar esta atração
Descrição do proprietário: Integrado no complexo da Fábrica da Pólvora de Barcarena, o Museu da Pólvora Negra ilustra a história daquela instituição, ao... mais » Descrição do proprietário: Integrado no complexo da Fábrica da Pólvora de Barcarena, o Museu da Pólvora Negra ilustra a história daquela instituição, ao mesmo tempo que documenta os processos de fabrico da pólvora negra, a par da evolução das fontes de energia, então utilizadas. Na primeira sala está instalada a recepção e faz-se uma introdução temática sobre o que é a pólvora, a sua origem, difusão e utilização. O segundo « menos
Fotos do visitante (1)
Seja o primeiro a avaliar esta atração
Descrição do proprietário: A antiga “Herdade de Ninha de Ribamar” que incluía a área do Palácio dos Aciprestes possui uma origem bastante antiga. No... mais » Descrição do proprietário: A antiga “Herdade de Ninha de Ribamar” que incluía a área do Palácio dos Aciprestes possui uma origem bastante antiga. No século XVII esta propriedade era designada por “Casal Grande”. Pelas referências existentes calcula-se que só no século XVIII este palácio tenha começado a ser chamado de Palácio dos Aciprestes. No século XVIII o palácio foi doado por D. José I a Alexandre de Gusmão, cavaleiro « menos
Fotos do visitante (1)
Seja o primeiro a avaliar esta atração
Descrição do proprietário: Situado a beira mar, este pequeno jardim e bem um exemplo da sofisticada vida social do seculo XVIII. O principal elemento do... mais » Descrição do proprietário: Situado a beira mar, este pequeno jardim e bem um exemplo da sofisticada vida social do seculo XVIII. O principal elemento do jardim e a cascata, de varias galerias comunicantes e dispostas em trono, corada por pavilhao octogonal, tendo em plano medio o tanque de onde parte da agua caia no lago e onde se salienta o conjunto escultorico de Machado de Castro. As estatuas representam uma cena mitolog « menos